A Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu, nesta quarta-feira (1°/04), uma reunião com representantes da Google for Education para discutir ações utilizando ferramentas on-line desenvolvidas pela empresa. Entre os temas esteve a ampliação do acesso ao Google Sala de Aula, um espaço virtual de aprendizagem e que já é utilizado, com sucesso, em escolas da rede estadual por meio do projeto e-Nova, da SEC, e que já envolveu a formação de 21 mil professores do Estado no uso desta ferramenta.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou como a parceria vem colaborar neste momento de prevenção à doença COVID-19. "A ideia é criamos uma agenda que possa contribuir para a formação de mais professores para o uso do Google Sala de Aula e oportunizar uma maior interatividade com os estudantes. Podemos dialogar diretamente com os estados ou através do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), para analisarmos experiências bem-sucedidas e adaptarmos à nossa realidade", destacou.

Segundo Marici Marchini, líder do Setor Público e Programas do Google for Education Brasil, o projeto tem diversas possibilidades e pode se encaixar na realidade do Estado. "Neste primeiro momento é importante darmos as condições mínimas para que o professor possa ter essa interação de aprendizado com os estudantes. Temos ótimas experiências no Rio de Janeiro e Espírito Santo, sendo que neste último há uma parceria com uma empresa de telefonia que fornece uma determinada quantidade de dados para o acesso dos alunos", explicou.

Para o assessor de Planejamento e Gestão da SEC, Matteus Martins, este é um excelente momento para a reaproximação com a Google for Education. "Acredito que seja a chance ideal para trabalharmos nessa reorientação para que mais professores possam utilizar o Google Classroom. Mesmo já tendo esta experiência na rede estadual, podemos ampliar e avançar ainda mais no uso destas ferramentas no apoio à aprendizagem dos estudantes", disse.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado