O antigo centro de treinamento do Esporte Clube Bahia, o Fazendão, não será usado para o tratamento de pacientes com diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19). O local, que foi cedido pelo clube ao Governo do Estado, receberá outros pacientes que não precisam de tratamentos complexos. Assim, as unidades hospitalares estaduais vão ampliar a capacidade de atendimento a pessoas com o novo coronavírus.