Sucesso de crítica e de público, a exposição ‘Cura’ em cartaz no Museu de Arte da Bahia foi prorrogada até o dia 5 de abril reunindo as expertises de artistas visuais  da Bahia, uma parceria do Mab com a Ufba e UFRB. Com curadoria da diretora da Escola de Belas Artes, a artista plástica Nanci Novais e do professor Danillo Barata, a coletiva se propõe a discutir as experiências, os contextos e os sentidos da cura no âmbito das práticas artísticas contemporâneas. Visitação gratuita.

Assinam essa exposição por ordem alfabética, Adalberto Alves, Cláudio Manoel, Elias Santos, Juarez Paraíso, Mateus Aleluia, Miguel Navarro y Canizares e Patrícia Martins. Juntos, eles mostram através da arte o diálogo entre o passado e o presente, associado ao sincretismo, com suas formas de re-existência

e preservação da memória fortemente identificada com os fluxos de ascendência africana no Brasil. O MAB é um museu do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado da Bahia, orgão da Secult.
Fonte: Ascom/ MAB