Nos dois primeiros dias de Carnaval, em Salvador, os hospitais da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registraram, até 17 horas deste sábado (22), um total de 28 ocorrências relacionadas à festa. O maior número foi por conta de agressão física, com 11 registros. O Hospital Geral do Estado (HGE) foi responsável pelo maior número de atendimentos – 24.

Os postos de testagem para infecções sexualmente transmissíveis iniciaram o atendimento às 16 horas de ontem (21) e atenderam, no primeiro dia de funcionamento, 270 pessoas, realizando os testes para HIV, com três casos confirmados; testes para sífilis, com 24 reagentes; testes para Hepatite B, com três casos reagentes, e testes para Hepatite C, com nenhum caso reagente. Foram distribuídos 14 mil preservativos masculinos.

Todos os testes que apresentarem resultado positivo receberam as orientações e encaminhamento para início do tratamento. Os postos de testagem e aconselhamento funcionam das 16 horas até 1h do dia seguinte, na avenida Centenário (Barra) e na avenida Ademar de Barros (Ondina), e também em Porto Seguro.

Reforço nos plantões em hospitais da capital e do interior, instalação de três estandes de testagem rápida nos circuitos de Salvador e Porto Seguro que detectam HIV, sífilis e hepatites B e C, distribuição de preservativos, campanhas educativas voltadas para a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis e doação de sangue são algumas ações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para o período do Carnaval 2020, representando um investimento em torno de R$ 2 milhões.

Atendimentos

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Pirajá e Cajazeiras, estão sendo monitoradas por profissionais da Sesab, a fim de verificar o funcionamento e possíveis necessidades de transferência de pacientes para unidades de maior complexidade. O HGE, além de manter seu setor de urgência e emergência em pleno funcionamento, conta com outro equipamento à disposição da população, que é o Centro de Atendimento de Múltiplas Vítimas, que, em poucos minutos, transforma o estacionamento coberto do HGE em uma imensa emergência hospitalar, apto para receber e tratar mais de 25 vítimas simultaneamente.

Hemoba no carnaval

A Hemoba está apta para a captação de bolsas de sangue, com o objetivo de reforçar o estoque e garantir o atendimento tranquilo e seguro das possíveis demandas emergenciais durante o período da folia. No dia de hoje, a Hemoba funcionou até 12h30, contabilizando 118 candidatos à doação, sendo captadas 89 bolsas de sangue. O posto de coleta da Hemoba, na Avenida Vasco da Gama, em Salvador, funcionou normalmente até ontem (sexta-feira). Amanhã, a Hemoba estará fechada,  voltando a funcionar normalmente na segunda e na terça-feira, das 7h30 às 18h30. Na quarta-feira de cinzas, começará o atendimento a partir das 13h.

Violência contra a mulher

Um lugar para ser acolhida e receber todo o suporte necessário em casos de violência sexual. O Serviço AME, localizado no Hospital da Mulher, no Largo de Roma, em Salvador, acolhe integralmente as mulheres e adolescentes a partir dos 12 anos que forem expostas a situações de abusos e violência sexual. Em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), o Hospital da Mulher também disponibilizará, através do Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual (AME), uma Unidade Móvel com equipe multidisciplinar para acolhimento e atendimento de mulheres em situação de violência nos circuitos do Carnaval 2020, em Salvador.

Vigilância Sanitária

Equipes da vigilância sanitária da Sesab estão realizando ações, com o objetivo de identificar e monitorar o risco sanitário nos estabelecimentos de saúde e de interesse da saúde, bem como desenvolver ações preventivas e educativas nas áreas de atuação da Vigilância Sanitária (VISA) Estadual, relacionados diretamente com os festejos do carnaval.

Com o objetivo do controle dos riscos das Doenças Transmitidas por Alimentos – DTA, foram inspecionados cinco unidades de distribuição de alimentos na sede de Salvador, e uma empresa concessionária na cidade de Simões Filho, fornecedora para a Polícia Militar, nas quais foram identificadas algumas não conformidades na manipulação de alimentos, contudo nada que representasse risco iminente à saúde dos usuários. As empresas foram orientadas e adotaram as medidas de correção de forma imediata

Corregedoria

Para garantir o cumprimento das escalas dos plantões, a corregedoria da Sesab está fazendo vistorias nas unidades do estado durante o período de Carnaval. Nas últimas 24 horas, foram fiscalizadas pelas equipes da Corregedoria  16 unidades de rede estadual, resultando na notificação de  47 profissionais.

Fonte: Ascom/ Sesab