“Não vá de carro, não vá de trem, pegue o telefone e disque 100!”. Foi nesse ritmo que o Bloco Fique de Olho deu o seu recado pelas ruas de Cajazeiras, informando e dialogando com a população sobre a importância de denunciar o trabalho infantil e a exploração sexual. O desfile saiu do Largo da Praça da Fazenda Grande II em direção à Rótula da Feirinha.
O bairro foi o 5º a receber o bloco, que leva materiais informativos da campanha ‘O trabalho infantil e a exploração sexual não aparecem como esta campanha’, cujo objetivo é sensibilizar e conscientizar pais, mães, escolas, trabalhadores e trabalhadoras sobre essas violações de direitos. A ação é da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).
“É dever de todos nós ficarmos atentos a qualquer tipo de violação contra nossas crianças. Criança não deve e não pode trabalhar! O lugar dela é na escola, na arte e na música. Vamos todos abraçar a causa e zelar pela nossa infância e juventude”, comentou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, que mais uma vez acompanhou todo o desfile.
Foto: Michele Brito/SJDHDS
(Foto: Michele Brito/SJDHDS)
Feirantes, comerciantes, lideranças e moradores abraçaram a campanha e se juntaram ao bloco para pedir proteção à infância e juventude. Foi o caso do Adriano Rodrigues, pai do pequeno Luciano, de 5 anos, que já tinha visto a ação em outros bairros através dos noticiários na televisão.
“Quando vimos a ação em Itapuã, meu filho ficou todo animado com os palhaços e o robô. Ele disse que queria vê-los e tirar uma foto. É uma ação que chama mesmo a atenção, especialmente de nós, pais e mães que ficamos preocupados com as violências nas ruas e queremos proteger nossos filhos”, afirmou Rodrigues.
Locais como pontos de ônibus, postes, comércios, veículos e tantos outros pontos estratégicos foram sinalizados com adesivos e cartazes da campanha. O desfile foi acompanhado por servidores da SJDHDS, Conselho Tutelar, lideranças comunitárias e os meninos e meninas do Projeto Axé, responsáveis pelo som e animação do Bloco.
Nesta quarta-feira (18) é a vez da Liberdade, penúltimo bairro a receber o Bloco Fique de Olho este ano.
Fonte: Ascom/SJDHDS