Os hospitais da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registraram, até 17 horas deste domingo (23), um total de 44 ocorrências relacionadas à festa. O maior número foi por conta de agressão física, com 21 registros. O Hospital Geral do Estado (HGE) foi responsável pelo maior número de atendimentos – 37.

Os postos de testagem para infecções sexualmente transmissíveis iniciaram o atendimento às 16 horas de sábado (22) e atenderam, no segundo dia de funcionamento, 384 pessoas, realizando os testes para HIV, com sete casos confirmados; testes para sífilis, com 22 reagentes; testes para Hepatite B, com dois casos reagentes, e testes para Hepatite C, com nenhum caso reagente. Na oportunidade foram distribuídos 21.800 preservativos masculinos, 4 mil femininos e 2.500 unidades de gel lubrificante.

O somatório de atendimentos nos postos de testagem, nos dois primeiros dias de Carnaval, contabiliza 654, com um total de 10 casos confirmados para HIV, 46 reagentes para Sífilis, cinco reagentes para Hepatites B e nenhum caso reagente para C.

Todos os testes que apresentaram resultado positivo receberam as orientações e encaminhamento para início do tratamento. Os postos de testagem e aconselhamento funcionam das 16 horas até 1h do dia seguinte em Salvador, na Avenida Centenário (Barra) e na Avenida Adhemar de Barros (Ondina), e também em Porto Seguro.

Com investimento de R$ 2 milhões, as ações da Sesab para o período do Carnaval 2020 inclui reforço nos plantões em hospitais da capital e do interior, instalação de três estandes de testagem rápida nos circuitos de Salvador e Porto Seguro que detectam HIV, sífilis e hepatites B e C, distribuição de preservativos, campanhas educativas voltadas para a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis e doação de sangue.

Atendimentos

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Pirajá e Cajazeiras estão sendo monitoradas por profissionais da Sesab, a fim de verificar o funcionamento e possíveis necessidades de transferência de pacientes para unidades de maior complexidade. O HGE, além de manter seu setor de urgência e emergência em pleno funcionamento, conta com outro equipamento à disposição da população, que é o Centro de Atendimento de Múltiplas Vítimas, que, em poucos minutos, transforma o estacionamento coberto do HGE em uma imensa emergência hospitalar, apto para receber e tratar mais de 25 vítimas simultaneamente.

Hemoba no carnaval

A Hemoba está apta para a captação de bolsas de sangue, com o objetivo de reforçar o estoque e garantir o atendimento tranquilo e seguro das possíveis demandas emergenciais durante o período da folia. Neste sábado, a Hemoba funcionou até 12h30, contabilizando 118 candidatos à doação, sendo captadas 89 bolsas de sangue. O posto de coleta da Hemoba, na Avenida Vasco da Gama, em Salvador, funcionou normalmente até ontem (sexta-feira). A Hemoba funcionará na segunda e na terça-feira, das 7h30 às 18h30. Na quarta-feira de cinzas, atendimento será iniciado a partir das 13h.

Violência contra a mulher

No Hospital da Mulher, no Largo de Roma, em Salvador, o Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual (AME) acolhe integralmente as mulheres e adolescentes a partir dos 12 anos que forem expostas a situações de abusos e violência sexual. Em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), o Hospital da Mulher também disponibilizará uma Unidade Móvel com equipe multidisciplinar para acolhimento e atendimento de mulheres em situação de violência nos circuitos do Carnaval 2020, em Salvador.

Vigilância Sanitária

Equipes da vigilância sanitária da Sesab estão realizando ações, com o objetivo de identificar e monitorar o risco sanitário nos estabelecimentos de saúde e de interesse da saúde, bem como desenvolver ações preventivas e educativas nas áreas de atuação da Vigilância Sanitária (VISA) Estadual, relacionados diretamente com os festejos do carnaval.

Com o objetivo do controle dos riscos das Doenças Transmitidas por Alimentos – DTA, foram inspecionados cinco unidades de distribuição de alimentos na sede de Salvador, e uma empresa concessionária na cidade de Simões Filho, fornecedora para a Polícia Militar, nas quais foram identificadas algumas não conformidades na manipulação de alimentos, contudo nada que representasse risco iminente à saúde dos usuários. As empresas foram orientadas e adotaram as medidas de correção de forma imediata

Corregedoria

Para garantir o cumprimento das escalas dos plantões, a corregedoria da Sesab está fazendo vistorias nas unidades do estado durante o período de Carnaval. Neste sábado, foram fiscalizadas pelas equipes da Corregedoria 16 unidades de rede estadual, resultando na notificação de 21 profissionais.
Fonte: Ascom/ Sesab