O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), dá início, nesta quinta-feira (20), às atividades do Plantão Integrado de Proteção no Carnaval de Salvador, iniciativa de combate às violações de direitos contra crianças e adolescentes durante a festa. A abertura dos trabalhos acontecerá às 9h, no prédio do Procon-BA, na Rua Carlos Gomes, nº 746, no Centro de Salvador, e contará com apresentação de ações desenvolvidas pela Secretaria no período do carnaval.

O Plantão, composto por órgãos públicos e entidades do Sistema de Garantia de Direitos, tem a finalidade de combater o trabalho infantil e a exploração sexual e garantir a proteção integral do público infanto-juvenil. A iniciativa conjunta funcionará na sede do Procon-BA até o último dia oficial da folia, na terça-feira (25), sempre das 9h às 3h da madrugada, através do acompanhamento de casos, orientação e procedimento das equipes multidisciplinares, que também circularão pelos espaços da festa.

A campanha "O Trabalho Infantil e a Exploração Sexual não aparecem como esta campanha", promovida pela SJDHDS, também estará presente nas ações do Plantão, com o objetivo de ampliar a conscientização e a importância da denúncia desses crimes.

Composição

Além do Governo do Estado, o Plantão conta com a participação do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público do Estado (MP-BA), Defensoria Pública do Estado (DPE-BA), Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), Delegacia Especial de Repressão aos Crimes contra Criança e o Adolescente (DERCCA), Juizado da Infância e Adolescência, Prefeitura Municipal de Salvador, Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca), Conselhos Tutelares, Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (CECA-BA) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).