Em outubro de 2019, a produção industrial (de transformação e extrativa mineral) da Bahia, ajustada sazonalmente, avançou 0,9% em relação ao mês anterior, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),  sistematizadas nesta terça-feira (10) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).
“A indústria baiana registrou crescimento acima da média nacional, que ficou em 0,8% nesta mesma comparação. Vale registrar que foram três meses consecutivos de crescimento, com média de 2,0% ao mês, sinalizando recuperação do setor industrial da Bahia, sendo que em setembro o crescimento foi de 4,4%. O destaque ficou por conta do setor de Veículos, segmento com peso significativo na indústria baiana, em decorrência do aumento das vendas dos novos modelos no mercado interno”, avalia o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro. 
As contribuições positivas vieram de Derivados de petróleo (7,6%), Bebidas (19,5%), Veículos (2,3%) Minerais não metálicos (9,2%) e Equipamentos de informática e produtos eletrônicos (14,5%), na comparação com igual mês do ano anterior. Nesta base de comparação foi assinalado recuo de 1,7%. No acumulado do ano houve redução de 2,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Mais informações estão disponíveis no site da SEI.

Fonte: Ascom/Seplan