Entre as ações de melhoria do atendimento, o Planserv implantou, no início deste ano, a Auditoria do Cuidado, com objetivo de acompanhar e orientar o paciente e seus familiares durante o período de internação hospitalar. De janeiro a outubro, foram realizadas 59,9 mil visitas beira leito (atendimento presencial ao paciente na unidade de saúde), alcançando 17,9 mil beneficiários da assistência.
Também foram realizadas 2,9 mil desospitalizações (indicação de alta, gerenciamento ou atendimento domiciliar) e 1,8 mil mudanças de acomodação (de unidade fechada para unidade aberta). “Essas ações garantem mais qualidade, segurança e agilidade nas tratativas durante a internação, promovendo uma melhor assistência e acolhimento aos nossos beneficiários”, afirma a coordenadora geral do Planserv, Socorro Brito.
A importância das visitas beira leito também pode ser dimensionada a partir dos dados do Instituto Brasileiro de Segurança do Paciente (IBSP). De acordo com a instituição, somente em setembro desse ano, foram constatados anualmente 134 milhões de eventos adversos em saúde no mundo. Esses eventos geram, segundo a mesma fonte, 2,6 milhões de óbitos. “São números que comprovam a necessidade de gestão do paciente internado, visando a excelência do atendimento oferecido pela assistência”, completa a coordenadora.
Uma das beneficiárias atendidas com as visitas, Vera Lúcia Carneiro elogiou a iniciativa que, para ela, mostra a preocupação do plano com o tipo de atendimento oferecido ao paciente. "A gente se sente segura porque o Planserv está aqui avaliando e acompanhando nossa internação. Nem todos os planos oferecem esse tipo de cuidado”, declarou.
A Auditoria do Cuidado do Planserv é um núcleo composto por uma equipe multidisciplinar (enfermeiros, médicos, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas), totalizando 103 profissionais, que realizam visitas beira leito (in loco), acompanhando e orientando o beneficiário e a família durante todo o período de internação. 
Além de acolher e entender as necessidades do beneficiário, a auditoria tem como objetivo garantir uma alta segura, reduzindo as re-internações e minimizando os dados aos beneficiários. A equipe técnica é responsável pelo alinhamento com o médico assistente e todos os demais profissionais do hospital envolvidos na assistência, com foco no cuidado e na recuperação do beneficiário.
 “A Auditoria do Cuidado tem proporcionado uma melhor avaliação terapêutica dos cuidados adotados para com os nossos usuários e, através dessa aproximação, podemos estreitar as relações com eles, proporcionando sua segurança e melhoria da qualidade da assistência à saúde, bem como promovendo alta segura”, destaca a enfermeira Acacia Barbosa, integrante do núcleo.
O auditor médico Daniel Mesquita acrescenta que, “através da auditoria do cuidado, podemos acompanhar o paciente hospitalizado e a seus familiares, ouvi-los, assisti-los e, assim, acompanhar o andamento da internação para uma possível intervenção do médico do cuidado. Assim, podemos promover uma assistência à saúde adequada com qualidade e segurança”. 

Fonte: Ascom/Saeb