Crianças, jovens e adultos se reuniram na Piscina Olímpica que fica na Avenida Bonocô, nesta sexta-feira (13), para participar das atividades do I Festival da Escolinha de Esportes Aquáticos, que oferece aulas de nado artístico, polo aquático e natação em mar aberto.

A Escolinha é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), em parceria com a Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA). O projeto segue até o mês de abril de 2020 e deve beneficiar 460 crianças, jovens e adultos.

O festival marca o encerramento das aulas antes do período de recesso em 2019 e a programação se estende até o sábado (14), quando alunos da natação no mar realizam uma apresentação, às 7h, no Porto da Barra. A ação ocorre antes da largada da Travessia Baía de Todos os Santos.

Ainda no sábado e domingo (15), os alunos do polo aquático participam do Campeonato Baiano de Verão de Polo Aquático. O evento também acontece na Piscina Olímpica da Avenida Bonocô e a entrada é gratuita.

O diretor de fomento ao esporte da Sudesb, Uilton Brandão, destaca o caráter inclusivo do projeto. “Esse é o tipo de atividade que visa fomentar a prática do esporte e lazer no nosso estado. O objetivo é oferecer aos jovens carentes a possibilidade de praticar esporte de forma gratuita e inclusiva”.

O presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos, Diego Albuquerque, afirma que o projeto é pioneiro no país. “Eu desconheço no país outras escolinhas que ofereçam esse conjunto de atividades. As crianças e jovens têm aqui o incentivo para futuramente e, se for da vontade deles, se tornarem atletas de alto rendimento”.

Inscrições continuam abertas

Ainda de acordo com Diego Albuquerque, o projeto segue com inscrições abertas para as três modalidades. Os interessados devem ir até a Piscina Olímpica, localizada na Avenida Bonocô, com documentos dos pais (para os menores de idade), RG, CPF, comprovante de matrícula e residência. O atendimento é realizado das 9h às 12h e das 14h às 17h.

As aulas de natação no mar aberto são voltadas exclusivamente para alunos da rede pública de 7 a 17 anos. Já as aulas de nado artístico e polo aquático são abertas para todos, inclusive adultos. É necessário que o interessado saiba nadar e antes da confirmação da inscrição é realizado um teste.


Repórter: Jairo Gonçalves