Com o objetivo de aprimorar a oferta de transporte escolar na rede estadual de ensino, gestores da Secretaria da Educação da Educação do Estado se reuniram, nesta quarta-feira (18), na sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, com representantes da Auditoria Geral do Estado (AGE). Na oportunidade, foi realizada uma apresentação do Plano de Ação de Transporte Escolar, que trará melhorias na rede estadual por meio da parceria firmada com Auditoria Geral do Estado.
De acordo com a diretora-geral da Secretaria da Educação do Estado, Talita Nobre, a implementação do plano promoverá uma oferta de um serviço de transporte escolar mais qualificado e com uma fiscalização planejada. “Esse plano foi elaborado por um comitê que possui integrantes da secretaria e da Auditoria Geral do Estado e que será implementado no início de 2020. Esta reunião foi para a validação desse plano e a repactuação dessa parceria para que a gente mitigue todas as dificuldades da pauta e garanta processos mais seguros, a exemplo da qualidade dos veículos, garantido aos nossos estudantes o melhor atendimento possível”, destacou.
O auditor-geral do Estado, Luís Augusto Rocha, ressaltou a parceria. “Discutimos sobre o Programa de Ação de Risco que é uma ação preventiva, no qual a gente se antecipa aos problemas e identifica, dentro do processo, as oportunidades de melhorias. Iniciamos aqui, um trabalho piloto com o programa de transporte escolar e esperamos que a implantação do Programa de Ação venha a dar mais segurança e mais efetividade através do transporte escolar”, afirmou. 

Transporte escolar na rede
O Estado assegura o deslocamento dos estudantes que moram em áreas remotas da Bahia graças ao Programa Estadual de Transporte Escolar (Pete). Neste ano, o Pete, que é executado em parceria com os municípios, teve investimentos em torno de R$ 116 milhões para o transporte dos estudantes das redes estadual e municipais.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação