Dando prosseguimento a um conjunto de investimentos voltados para a reestruturação de perímetros irrigados na Bahia, a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), assinou um convênio, nesta sexta-feira (20), para a recuperação e modernização do sistema irrigado do Distrito de São José do Jacuípe, no município de Várzea da Roça, Território de Identidade Bacia do Jacuípe.

O convênio, no valor de R$2,6 milhões, foi assinado com a Associação dos Produtores de Goiaba da Área do Projeto de Irrigação do Distrito de Jacuípe, no âmbito do Bahia Produtiva, projeto executado pela CAR/SDR, por meio de acordo de empréstimo com o Banco Mundial. A ação inclui a prestação de serviços de assessoramento técnico com a contratação de um Agente Comunitário Rural (ACR) e o serviço de Assistência Técnica na Produção, na comunidade Vila Nova dos Irrigantes, e beneficiará diretamente 110 famílias, que produzem frutas como goiaba, banana, manga e também raízes como batata doce.

O titular da SDR, Josias Gomes, destacou que esse é mais um projeto voltado para irrigação no Semiárido, que atenderá um conjunto de famílias de agricultores e fará diferença econômica para a cidade e para a vida dos agricultores: “A ação, junto com tantas outras que estão sendo executadas na Bahia, vai ampliar as condições para que o estado tenha atendido a demanda local e a segurança alimentar e nutricional”.

De acordo com o presidente da associação, Albino Santos, as famílias vinham enfrentando dificuldades com os equipamentos: “Esse convênio vai ajudar aos trabalhadores das áreas irrigadas e feirantes, nas condições de trabalho. Muitas famílias estavam indo morar fora, trabalhar em corte de cana, e esse investimento vai permitir que as pessoas continuem na zona rural, trabalhando em suas propriedades”.

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, explicou que alguns perímetros irrigados na Bahia, construídos anos atrás, não tiveram um plano de sustentabilidade de médio e longo prazo, feito pelas organizações locais: “Estamos fazendo esta revitalização no sentido de buscar a emancipação dos distritos, para que eles possam formar os fundos de reservas, e possam gerir toda operação e manutenção dos sistemas, para viverem independentes do Estado, gerando renda para as famílias locais”.


Fonte: Ascom/ SDR