A estudante de enfermagem Lorena Oliveira, 20 anos, foi escolhida, na noite desta sexta-feira (4), para representar a Base Comunitária de Segurança (BCS) do Calabar na final do Concurso Garota BCS 2019. “Valeu muito a pena a minha dedicação. Agora vou representar a minha comunidade. Como mulher negra, eu fico mais feliz ainda por essa oportunidade”, afirmou. 
Nesta edição, 14 jovens concorreram ao posto de Garota da BCS do Calabar e Alto das Pombas. A iniciativa da Polícia Militar da Bahia (PMBA), alinhada ao programa Pacto Pela Vida, tem a participação de garotas entre 16 e 22 anos. Segundo a comandante da BCS do Calabar, capitã Aline Muniz, o projeto foi abraçado pela comunidade e, por isso, o concurso vai além da seleção da Garota BCS. 
“Pelo segundo ano consecutivo, nós incluímos nessa semifinal da Garota BCS as categorias infantil, infanto-juvenil, jovem e melhor idade. E este ano, atendendo a pedidos, estamos estreando a categoria LGBT. Nós fizemos essa ampliação justamente para que toda a comunidade se sinta representada”, explicou a capitã. 
O comandante de operações da Polícia Militar, coronel Humberto Sturaro, participou do evento e reforçou a união entre Polícia Militar e comunidade. “O nosso propósito é servir à comunidade, lembrando que todos nós, policiais, fazemos parte da sociedade e muitos vivem nessas comunidades. Essa aproximação é importantíssima para Polícia Militar, uma vez que nós precisamos ser abraçados e precisamos abraçar também. Quanto mais próximos estivermos da comunidade, melhor será para prestarmos o nosso serviço”, destacou.  
Em busca de sonhos
Após a participação no concurso de 2018, a jovem Janaina Gonçalves, que também concorreu neste ano, e mais duas amigas decidiram desenvolver um projeto em parceria com a BCS Calabar. “O nosso projeto é o Meraki Models, que não busca perfis e, sim, sonhos. Apresentamos a proposta na BCS e fomos apoiadas. Agora, nos reunimos na base todos os sábados para trabalhar a autoestima de muitas jovens que sonham em ser modelos e não teriam condições de pagar para estar em uma agência”, explica Janaina. 
O Concurso Garota BCS acontece desde 2015, com a participação de 18 bases comunitárias de segurança da capital e interior do estado. A grande final do concurso deste ano deve ocorrer no dia 10 de dezembro, no Gran Hotel Stella Mares.
Repórter: Jairo Gonçalves