Única mineradora de vanádio das Américas, a Vanádio Maracás, do grupo Largo Resources, comemorou cinco anos de operação na Bahia, nesta quinta-feira (18), com anúncio de ampliação da produção no estado, passando de 800 toneladas para 1 mil toneladas por mês. 
Em agosto deste ano, a empresa assinou protocolo de intenções com Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), com previsão de investimentos de R$ 82,7 milhões para ampliação e modernização da planta mineiro-industrial no município de Maracás, no sudoeste baiano.
A mina produz 7% da demanda mundial de pentóxido de vanádio e exporta 100% do seu produto. Serão mantidos os 373 empregos já existentes e outros 25 postos de trabalho diretos devem ser criados.
“O Governo do Estado está empenhado em trazer investimentos para o interior. Essa ampliação e modernização do grupo Largo Resources, em Maracás, reflete o resultado deste trabalho. Prova também que o ambiente de negócios da Bahia está sendo atraente e promissor”, afirma o superintendente de Desenvolvimento e Monitoramento de Empreendimentos, Deraldo Carlos. 
Fonte: Ascom/SDE