Olhares surpresos, atentos e admirados descrevem a impressão das 1,4 mil pessoas que visitaram o Museu Geológico da Bahia (MGB), órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), durante a 13ª edição da Primavera dos Museus, iniciada no dia 23 e encerrada nesta sexta-feira (27). Observação celestial noturna, filmes, exposições de fósseis, pedras preciosas e a disputada Sala do Universo integraram a programação do MGB. 
“Um museu educa e contribui para o despertar do interesse a vida em sociedade, a importância das memórias e o valor do patrimônio cultural. A Primavera dos Museus permitiu ao público o fortalecimento do conhecimento sobre as riquezas naturais da Bahia”, destacou o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão.
Cada peça exposta no Museu Geológico e contemplada se transformava numa nova descoberta e experiência sentida pelos visitantes, formados por grupos da melhor idade, crianças e alunos da rede pública. O MGB possui acervo com  mais de 27 mil peças. O evento, idealizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), ocorre desde 2007 e, este ano, realizou 2,6 mil atividades em todo o Brasil. 
O Museu Geológico da Bahia fica no Corredor da Vitória e funciona de terças às sextas-feiras, das 13h às 18h, além de sábados e domingos, das 13h às 17h, com entrada gratuita.
Fonte: Ascom/SDE