Uma comitiva de São Tomé e Príncipe, que inclui ministros de estado e diretores educacionais, reuniu-se com o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, nesta quinta-feira (22), na sede da Secretaria do Turismo (Setur). Em Salvador desde quarta-feira (21), o grupo veio conhecer as melhores práticas da Bahia nas áreas de turismo e educação com vistas a uma possível aplicação no país insular africano.
Com o secretário, além do superintendente de Serviços Turísticos, Márcio Franco, e do diretor de Regulação e Certificação, Divaldo Borges, ambos da Setur, eles tiraram dúvidas sobre as principais políticas e estratégias para promover o crescimento do fluxo de turistas na Bahia. “Aumentar a conectividade aérea é um dos nossos maiores desafios para atrair mais turistas, além de promover a Bahia em feiras e eventos nacionais e internacionais”, explicou Fausto Franco.
Os visitantes também quiseram conhecer as experiências da Setur com capacitação, turismo rural e turismo náutico, dos quais são exemplo a Estrada do Chocolate, em Ilhéus, e o Prodetur, para o desenvolvimento do turismo náutico e cultural na Baía de Todos-os-Santos.
“Nosso turismo está em fase de investimentos. Temos como principais atrativos praias, montanhas, florestas e a natureza em si, mas queremos dar um salto fundamental para o seu desenvolvimento. Por isso viemos obter subsídios e conhecimento sobre as experiências de vocês”, afirmou a ministra do Turismo de São Tomé e Príncipe, Maria da Graça de Oliveira Lavres. Também esteve presente na reunião a assessora internacional do Governo da Bahia, Fernanda Régis.
No total, a comitiva reúne 13 integrantes. O projeto para o desenvolvimento do turismo em São Tomé e Príncipe é um dos braços do Programa de Proteção Social e Desenvolvimento de Competências (PPSDC), elaborado entre o Banco Mundial e o governo daquele país.  
O grupo que visitou a Setur é uma espécie de embrião do conselho por trás do PPSDC. Ela é integrada também pela ministra da Educação, Julieta Izidro Rodrigues, o ministro do Trabalho, Adllander Costa de Matos, o diretor de Turismo e Hotelaria, Hugo Luís Taraveira Menezes, entre outros, além dos representantes do Banco Mundial, Emily Elaine Gardner (EUA) e Leandro Costa. 
Ilhas 
Situadas ao leste do continente africano, perto da linha do Equador, as ilhas São Tomé e Príncipe fazem parte de uma cadeia vulcânica com rochas e formações de corais. Rocha vulcânica semelhante a um arranha-céu, o Pico Cão Grande é um destaque turístico, assim como a Lagoa Azul e o Parque Natural Ôbo. A língua oficial do país é a portuguesa.
Fonte: Ascom/Setur