A aula inaugural do IV Curso de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal (IV CPCIF) foi realizada na manhã desta segunda-feira (5), no Centro de Operações e Inteligência (COI), em Salvador. Promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), o curso tem carga horária de 427 horas e a participação de 36 bombeiros militares. Dentre os discentes, cinco são do CBM do Acre e um do CBM da Paraíba.
Com aulas teóricas e práticas, o CPCIF ocorre na capital baiana, na região da Chapada Diamantina e no oeste baiano, locais onde são registrados incêndios florestais de maior magnitude na Bahia. Durante as aulas, os alunos recebem orientações sobre as formas adequadas de combate, atrelando os conhecimentos a uma ação proativa, além de trabalharem com formas de prevenção, maior foco do CBMBA.
"Nossa meta é aperfeiçoar cada vez mais o nosso efetivo. Capacitar é valorizar. Que essa turma tenha sucesso e consiga alcançar o objetivo, pois, com isso, quem ganha é a sociedade baiana", explicou o comandante-geral do CBMBA, coronel BM Francisco Telles.
Foto: CBMBA
(Foto: CBMBA)
Durante a aula inaugural, o coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso Paulo André da Silva Barroso realizou uma palestra sobre ‘Estratégias para Redução de Incêndios Florestais no Brasil’. 
Também participaram do evento representantes do grupo de trabalho que define ações do Programa Bahia Sem Fogo. Dentre eles, o superintendente da Defesa Civil da Bahia, Paulo Sérgio Luz, a representante do Inema, Fabíola Cotrim, o secretário estadual do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, além do diretor do Departamento de Ensino e Pesquisa do CBMBA, o tenente-coronel BM Adson Marchesini.
Fonte: Ascom/CBMBA