Localizada no município de Caetité, no sudoeste baiano, a Associação Deus Acampado, conhecida como Casarão, aumentou em 800% o número de apoiadores na campanha Nota Premiada Bahia, após ação de engajamento entre os conterrâneos, realizada durante a festa de Nossa Senhora Santana. Antes da festa, eram apenas 45 pessoas compartilhando as notas fiscais com a instituição, inscrita no fim do ano passado no programa Sua Nota é um Show de Solidariedade. Após quatro dias de mobilização, o número subiu para 407. 
Muitas instituições de pequeno e médio portes vêm adotando estratégias similares, com bons resultados. A Associação de Apoio à Pessoa com Câncer (AAPC) de Feira de Santana, no centro norte da Bahia, teve o número de apoiadores ampliado de 205 em janeiro para 651 nos últimos sete meses, num incremento de 217%, após intensificar campanha de captação de apoiadores. Já a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, no sul do estado, saiu de 3,5 mil apoiadores cadastrados em janeiro para 5.353 em julho, um aumento de cerca de 50%.
O desafio é alcançar cada vez mais pessoas cadastradas junto ao programa, e, consequentemente, notas eletrônicas que, ao serem associadas ao CPF dos participantes, revertem-se em pontos e recursos financeiros para as entidades apoiadas. O esforço compensa. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), responsável pela Nota Premiada Bahia, a campanha já distribuiu R$ 16,9 milhões desde o ano passado em recursos para as filantrópicas credenciadas no programa Sua Nota é um Show de Solidariedade em todo o estado. 
Atualmente, são 528 entidades ativas no cadastro. Com a associação entre o programa e a Nota Premiada, os participantes, além de doar suas notas às entidades, concorrem a dez prêmios mensais de R$ 100 mil cada e a prêmios especiais de R$ 1 milhão. “As entidades estão se mobilizando, ampliando o número de pessoas cadastradas e conquistando apoio em todo o Estado, sem restrições territoriais e financeiras, o que é especialmente benéfico para as instituições de pequeno e médio portes”, ressalta o superintendente de Desenvolvimento da Gestão Fazendária da Sefaz-BA, Félix Mascarenhas.
Festa da padroeira
As iniciativas de mobilização entre as instituições assumem formatos variados, incluindo campanhas via WhatsApp e redes sociais, distribuição de cartazes e folhetos em pontos comerciais, promoção de eventos e montagem de estandes para cadastramento das pessoas no site da campanha.
Para potencializar os resultados obtidos com as campanhas de comunicação, as instituições têm realizado ações de cadastramento em feiras filantrópicas e festas populares. Quem adotou a dobradinha associando comunicação e evento comemora os resultados satisfatórios. 
“Montamos um estande na praça durante a festa de Santana e, com cartazes e folhetos, convidávamos as pessoas a compreenderem como funciona a Nota Premiada Bahia e a se cadastrarem, dando a elas a prerrogativa de escolher a instituição que quisessem apoiar, tanto na área de saúde, quanto na social, da qual fazemos parte”, explica a coordenadora do Casarão de Caetité, Helena Alves.
A coordenadora afirma que, com os recursos oriundos da campanha a partir do impulso obtido na festa da padroeira, a instituição pretende ampliar a assistência aos internos, melhorando a estrutura e a administração do Casarão, que sobrevive à base de doações da comunidade. A unidade reúne 28 internos residentes fixos e se orgulha de já ter conseguido localizar e encaminhar, para familiares em todo o país, mais de uma dezena de pessoas consideradas desaparecidas. Os internos são do sexo masculino, com idades entre 28 e 67 anos. A instituição ainda busca recursos para construir a ala feminina.
De acordo com a administradora da Associação de Apoio à Pessoa com Câncer (AAPC) de Feira de Santana, Elia Cristina Souza Borges, a entidade vem atuando de forma ativa na atração de apoiadores. “Todas as pessoas que chegam à casa em busca de apoio recebem informações sobre a campanha e, se aceitarem, fazemos o cadastro no nosso próprio balcão de atendimento”. Além desta iniciativa de cadastramento in-loco, a AAPC também divulgou a campanha no Instagram e já projeta um estande nos shoppings da cidade.
A AAPC acolhe, alimenta e fornece transporte aos pacientes com câncer provenientes de vários municípios baianos que fazem tratamento no Hospital Estadual da Criança (HAC), no Hospital Dom Pedro e na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). A instituição, que recebe pessoas, no trajeto até os hospitais.
Na mesma linha, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna credita o aumento no número de apoiadores à realização de campanha de divulgação e montagem de estandes para cadastramento nos bairros. A instituição promoveu, nos últimos meses, sete feiras de saúde, denominadas Santa Casa nos Bairros, nas quais há sempre um computador com acesso à internet para o cadastramento na Nota Premiada Bahia. 
De acordo com o provedor da Santa Casa de Itabuna, Eric Júnior, a entidade ainda promoveu um chamamento via rádios e campanha em redes sociais. A Santa Casa administra dois hospitais de alta complexidade no município: o Manoel Novaes, voltado ao atendimento infantil, e o Calixto Midlej Filho, para adultos. “Mostramos os nossos serviços e as nossas dificuldades como instituição filantrópica e buscamos fazer com que o público abrace a nossa causa. Por isso, estamos mobilizando o nosso público para que se cadastrem no Nota Premiada Bahia e sigam ajudando a nossa instituição", informa.
Como consultar
Para consultar as instituições participantes, o cidadão precisa acessar o site da Nota Premiada Bahia. Na opção ‘Quem participa’ => ‘Instituições’ está disponível a lista completa de entidades cadastradas. A busca pelas instituições pode ser filtrada por etapa do programa Sua Nota é Um Show de Solidariedade (atualmente o programa está na 5ª etapa), por área (se social ou de saúde), por município ou buscando pelo nome da instituição. Outra forma de consultar as instituições cadastradas é acessando o site da Sefaz-BA, na opção ‘Educação Fiscal’ e clicando no banner ‘Sua Nota é um Show de Solidariedade’.
Fonte: Ascom/Sefaz