Os estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional do (CETEP) Recôncavo II Alberto Torres, em Cruz das Almas (146 km de Salvador), estão tendo a oportunidade de contar a história de sua cidade, envolvendo temáticas como identidade, protagonismo, autoestima e fortalecimento dos itinerários formativos, conforme prevê a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Isto graças ao workshop ‘Produção audiovisual’ e do ‘Hackathon – um desafio de produção de vídeo’, que estão sendo promovidos pela Secretaria da Educação do Estado, por meio do projeto Escolas Culturais, em vários municípios baianos.

O workshop está sendo realizado a partir da abordagem de conteúdo das diversas áreas do conhecimento, como História, Geografia e Sociologia. Para as filmagens são utilizados os equipamentos disponibilizados pelo projeto Escolas Culturais e os dispositivos móveis dos participantes. A estudante Melissa Rodrigues Mendes, 15 anos, 1º ano de Informática do CETEP Recôncavo II Alberto Torres, conta como está sendo a experiência com a oficina de audiovisual. “O curso é maravilhoso, sempre quis saber mais sobre audiovisual e irei aplicar tudo que estou aprendendo para ajudar uma amiga youtuber no canal dela, produzindo os vídeos dela”, revelou a aluna.

O processo de realização do workshop, que visa ampliar os conhecimentos sobre o audiovisual, foi explicado pela coordenadora de Tecnologias e Audiovisual da Secretaria da Educação, Carla Almeida, que ministra a oficina, junto à professora de audiovisual da rede estadual, Fau Coelho. “Durante o workshop, explicamos todas as etapas da produção de vídeo. Ensinamos como manusear os aparelhos, além de auxiliarmos durante as filmagens, ajudando a sanar dúvidas na prática. Importante destacar que tudo isso tem como um dos objetivos trabalhar os novos itinerários formativos, conforme prevê a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC)”.

As atividades em Cruz das Almas terminam nesta terça-feira (13) e prosseguem em Mucugê, (a 448 km de Salvador), dentro da Festa Literária de Mucugê (Fligê), e na quinta-feira (15) haverá a Oficina de Cinema – Projeto Escolas Culturais e na sexta (16), o workshop de audiovisual. A partir de segunda-feira (19) será a vez da cidade de Rui Barbosa (321 km de Salvador) receber o projeto, no Colégio Estadual Professor Magalhães Neto.

Escolas Culturais – Lançado em 2017, o Escolas Culturais é resultado de parceria entre as Secretarias da Educação, da Cultura (Secult) e da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), além da Casa Civil e já foi implantada em 85 unidades em toda Bahia. O projeto incrementa a arte e a cultura no currículo aliada à oferta de cursos de qualificação e formação profissional nas respectivas áreas, além de integrar a escola com a comunidade

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado