Cozinha show, música instrumental, Mercado do Passeio, Comidinhas da Bahia, Espaço Portugal e oficinas infantis são algumas das atrações do Tempero Bahia – Festival de Cultura e Gastronomia que ocupará o Passeio Público de Salvador com evento multicultural, nos dias 17 e 18 deste mês. O festival, que conta com o patrocínio do Governo do Estado, reserva espaço para arte e design, gastronomia, exposições, Cozinha Show, Espaço Portugal, Oficinas, Espaço Infantil e opções de lazer para toda a família.
Nesta edição do evento , que tem como tema ‘Bahia, África e Portugal, uma mistura de sabores’, a cenografia e ambientação tem assinatura do artista plástico Gilson Cardoso, que tem uma longa e forte presença na área da sustentabilidade. Também faz parte do festival um circuito gastronômico em alguns dos melhores restaurantes da capital baiana, durante o período de 15 a 25 de agosto.

Mercado do Passeio

Marcado por uma extensa feira de arte, moda, artesanato e design, o Mercado do Passeio também integra o festival. Este ano, a curadoria é da estilista e empreendedora, Mônica Anjos, conhecida nacionalmente pela sua ‘moda com identidade’, que provoca o diálogo entre questões da estética e política social. Para compor o mix, Mônica convidou duas estilistas de fora de Salvador para participar do Mercado: Patrícia Moura, do Recife, com sua linha de biojoias, a partir de resíduos orgânicos com personalidade e responsabilidade socioambiental, e Andreia Brasis, do Rio de Janeiro, que trará bolsas com inspiração no sagrado feminino e acessórios ricos em personalidade e compostos por sementes, fibras, conchas, chifres, coco, pedras semipreciosas e outros materiais com DNA tipicamente brasileiro.

Dentre os expositores estão também a curadora Mônica Anjos; Com Arte, brinquedos artesanais; Inartes acessórios, esculturas de orixás em ferro Awô Omi; Menino Rei, com moda masculina autoral; Fátima Moraes, com produtos de arte na mesa e bazar; projetos em papel da Cheia de Invenção; as bolsas artesanais de Valéria Monteiro; Cleves Peixoto, com sua art décor; a linha de geleias, molhos e azeites artesanais de Dona Domitilla.

Ainda estarão lá a Boeck, com facas artesanais do Rio Grande do Sul; Flores Sempre Vivas da região da Chapada Diamantina; esculturas e pinturas de alunos formados pela Fundação Cidade Mãe; chef Murilo Brocchini e seus antepastos e chips; Pé de Mato, com temperos desidratados; Yumpi Lumpi moda infantil; arte em couro, papel e metal de Karla Issa; Blackpim camisetaria; e Neghra Jhô com seus turbantes cheios de estilos.

Espaço Infantil

Outra atração que tem tudo para cair no gosto da criançada, é o Espaço Infantil. Nessa área, as crianças serão presenteadas com atividades lúdicas, cheias de criatividade e diversão, comandadas pelo Coletivo Rozê –grupo de mulheres empreendedoras que promovem ações conectadas às realidades maternas, femininas e sociocriativas – que levará para o evento o Projeto Rozê Infância Livre, valorizando a ocupação da criançada em espaços abertos, na presença dos adultos, estimulando o contato com a cultura, artes e sustentabilidade. Dentre as atividades gratuitas, jogos coletivos gigantes da ComArte, contação de história com a Amora Humanizada e atividade da Amora Bonecas, no sábado, 17. Já no domingo, 18, haverá a vivência brincante gratuita com a Infância Currupião, e a oficina de bonecas abayomi, conduzida pelo autor e facilitador Adilson Passos, com valor de R$10 por criança.

O 3º Tempero Bahia – Festival de Cultura e Gastronomia é uma realização do Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura e Turismo, com patrocínio da Cielo e do Governo do Estado da Bahia, e apoio do Senac, Sebrae, IPAC e Wish Hotel da Bahia, hotel oficial do evento.