Ações conjuntas entre as secretarias estaduais do Turismo e do Meio Ambiente foram definidas em reunião entre os titulares das pastas, Fausto Franco e João Carlos Oliveira, respectivamente, ambos interessados em fortalecer o crescimento econômico sustentável. Prioritariamente, eles discutiram projetos para a Chapada Diamantina, Costa Cacaueira, Litoral Norte e Baía de Todos-os-Santos.

O secretário João Carlos Oliveira falou, nesta terça-feira (9), sobre a importância de o desenvolvimento satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras. Ou seja, atingir um nível satisfatório de desenvolvimento social, econômico e cultural, capaz de preservar recursos para as gerações seguintes

O secretário Fausto Franco reafirmou o mesmo compromisso, considerando imprescindível que o atendimento aos turistas não cause prejuízos ao meio ambiente. "Poder público e iniciativa privada devem estar atentos à necessidade de minimizar impactos ambientais e promover benefícios econômicos para as comunidades locais e destinos", afirmou. "A natureza é um dos principais atrativos turísticos da Bahia. A sustentabilidade é essencial para a atividade turística".

Os secretários deram início à articulação de suas equipes técnicas para aprofundamento da análise dos projetos. A partir de agora, grupos de trabalho da Setur e Sema estarão mobilizados para avançar com ações em diversas regiões do estado.
Fonte: Ascom/Secretaria de Turismo do Estado (Setur)