A Secretaria da Educação do Estado, por meio do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE), está promovendo uma série de atividades diagnósticas em Língua Portuguesa e Matemática. O objetivo é levantar, de maneira mais precisa, as habilidades e conteúdos que os estudantes já consolidaram ou que ainda estão em desenvolvimento para garantir o fortalecimento das aprendizagens.

As ações do SABE têm como matriz de referência o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), que constitui o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Os dados obtidos pelo SABE oferecem aos professores e gestores a possibilidade de refletir sobre os resultados e investir em novas metodologias e práticas que assegurem as aprendizagens dos estudantes.
Escola
(Foto: Claudionor Jr./Ascom SEC)

O SABE tem a projeção de abarcar cada vez mais anos/séries de ensino, e, hoje, são avaliados os anos finais dos ciclos educacionais, sendo o 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, além da 3ª série do Ensino Médio e 4ª série do EPI. A primeira etapa, já executada, foi a avaliação diagnóstica. Agora, em um segundo momento, as unidades escolares estão aplicando a Atividade de Apoio ao Estudante e lançando os resultados obtidos, com o prazo previsto para conclusão até o dia 19 de julho, no sistema online SABE.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou a importância da iniciativa. “As Atividades de Apoio são de extrema importância, pois ajudam a fortalecer o processo de aprendizagem dos estudantes, ao retomar os conteúdos e habilidades que se apresentaram abaixo das expectativas de aprendizagens esperadas em Língua Portuguesa e Matemática. A partir dessas atividades, o professor pode construir novas ações pedagógicas que ampliem os conhecimentos dos estudantes. O diálogo entre gestores, coordenadores pedagógicos e professores, com vistas a incentivar os estudantes para a realização dessa atividade, é fundamental para o êxito da ação”, destacou.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado