Milho, amendoim, laranja, pamonha, bolo de carimã e licores são alguns dos produtos típicos dos festejos juninos que estão sendo comercializados na 2ª edição do Arraiá da Agricultura Familiar, realizado até esta quarta-feira (19), na Praça Doze, no município de São Sebastião do Passé, no Território de Identidade Metropolitano de Salvador.
O evento, promovido pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), é uma vitrine para que os agricultores familiares alcancem novos mercados com a venda de alimentos orgânicos, gerando renda e avanços para a agricultura familiar da região.
Foto: SDR
(Foto: SDR)
“Temos licores, balas, cocadas e biscoitos, que possuem o Selo da Agricultura Familiar, e foram elaborados com os alimentos que cultivamos nas nossas produções. Com a assistência técnica da Bahiater e a ajuda da Prefeitura, nós melhoramos muito nosso trabalho. Uma cooperativa está nascendo e nós estamos conseguindo ter acesso ao Programa de Aquisição de Alimentos [PAA]. Estamos muito felizes”, afirmou a agricultora Sueli Sales, da Comunidade do Retiro, em São Sebastião do Passé. 
O aposentado Dário Carvalho, que foi ao Arraiá em busca de produtos de qualidade para repor a dispensa, ressaltou a importância de ações como esta. "Eu acho muito importante estas feiras orgânicas. Seria ideal que o povo brasileiro se acostumasse a comer produtos orgânicos, sem química. Isto é essencial para a nossa saúde. Aproveito estes eventos e compro muito. Estou levando para casa graviola, mamão, laranja, milho verde e os produtos típicos do São João”.   
Foto: SDR
(Foto: SDR)
Parceria 
O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de São Sebastião do Passé, Marcelo Paranhos, destacou que o município possui "mais de 17 comunidades rurais, o que equivale a cerca de 80 agricultores familiares comercializando seus produtos. A SDR vem participando do nosso trabalho, dando um apoio importante por meio do Serviço Municipal de Apoio à Agricultura Familiar (Semaf), que é a presença da SDR municipalizada. O resultado desta parceria é a prestação de serviços da assistência técnica e extensão rural e um excelente acompanhamento que vem sendo dado aos nossos agricultores familiares, dentro de suas propriedades". 
Fonte: Ascom/SDR