Visando conhecer o funcionamento e a experiência da Ouvidoria Geral do Estado (OGE), a ouvidora-geral da Paraíba, Tânia Brito, visitou a sede do órgão baiano, na tarde desta terça-feira (8), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Além de se reunir com o ouvidor-adjunto Valdenor Cardoso e com a assessora técnica Jussara Reis, a visitante percorreu todos os setores da ouvidoria baiana.
A ouvidora-geral do estado paraibano destacou a importância do encontro para fortalecer a democracia participativa, em todo o Brasil. “A Ouvidoria da Bahia é uma entidade mais antiga, que já completou 15 anos, e nós sabemos que o compartilhamento de experiências é fundamental para o fortalecimento do nosso trabalho. Estou aproveitando essa oportunidade para ver de perto como funciona essa ouvidoria e quais são os principais desafios e avanços”, afirmou Tânia Brito. 
OGE
Canal aberto entre o cidadão e a administração estadual, a OGE possui 208 pontos em todo o território, além das ouvidorias especializadas de secretarias, fundações, empresas, autarquias e demais órgãos. Esses pontos são interligados pelo Sistema de Ouvidoria TAG, um software de registro e gerenciamento dos atendimentos. O funcionamento em rede significa mais agilidade e qualidade na resposta ao cidadão, tendo em vista que cabe ao ouvidor especializado, em sua respectiva área, a resposta final.
Repórter: Renata Preza