A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) concluiu nesta semana a limpeza e reforma do Cruzeiro do São Francisco, monumento do Centro Histórico de Salvador. A iniciativa integra um série de ações voltada para a manutenção e preservação do território tombado, que compreende ainda a reforma de telhados, recuperação do pavimento, limpeza e pintura das fachadas dos antigos casarões da região.

“Como realizamos a manutenção permanente do Centro Histórico de Salvador, estamos sempre atentos aos pontos de melhorias. O Cruzeiro do São Francisco, por exemplo, estava precisando de limpeza e reforma, devido ao desgaste natural do tempo, provocado pela exposição ao sol, à chuva e até mesmo à poluição”, explica o superintendente do Centro Antigo de Salvador, Rogério Machado.

O Centro Histórico de Salvador é o maior conjunto arquitetônico colonial da América Latina, sendo tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional (Iphan) e reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como Patrimônio da Humanidade. As ações para manutenção deste importante patrimônio são executadas durante todo o ano, seguindo a política do Governo do Estado de valorização da cultura e da história, além de incentivar a ocupação do território.

De acordo com Rogério Machado, de novembro de 2017 até o momento, a CONDER já recuperou a área externa de 138 casarões localizados nas ruas das Laranjeiras, São Francisco, Gregório de Matos, João de Deus, 28 de Setembro (Rua do Tijolo), Cruzeiro do São Francisco, Largo do Pelourinho e no Terreiro de Jesus.

Valor Histórico

Importante edificação histórica de Salvador, o Cruzeiro do São Francisco é um elemento típico das urbanizações franciscanas. Erguido entre 1805 e 1808, o monumento de cunho religioso é composto por peça monolítica em pedra calcária, conhecida como Lioz, em forma de cruzeiro.

A pedra, encontrada nos arredores de Lisboa, foi importada, no Período Colonial, para diversas partes do Brasil. O cruzeiro está assentado sobre pedestal triangular do mesmo material, apoiado em base quadrangular, disposta em três níveis de degraus.

Fonte: Ascom/ Conder