A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder) iniciou, nesta semana, a pavimentação de três novos trechos da Rua Chile, no Centro Histórico de Salvador, como parte do projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador’, do Governo do Estado. No espaço de 1,2 mil metros quadrados, entre o Hotel Palace e a Rua das Vassouras, os operários trabalham no assentamento do paralelepípedo e na colocação dos trilhos, por onde passou a primeira linha de bonde do país. 
“Além da volta do pavimento em paralelepípedo, vamos retirar a fiação aérea da rede elétrica e de telecomunicações, que será rebaixada para uma vala subterrânea”, explica o superintendente do Centro Antigo de Salvador da Conder, Rogério Machado, referindo-se às melhorias que estão sendo executadas na primeira rua do Brasil e um dos principais cartões postais da capital baiana.
A obra na Rua Chile está sendo realizada em seis etapas. O assentamento das pedras em paralelepípedo ocorre numa extensão de 1,2 mil metros quadrados, que corresponde aos trechos 1, 2 e 3, onde já foram finalizadas a vala técnica e as calçadas formadas por placas de granito antiderrapante e uma faixa de pedra portuguesa. Nesses trechos estão sendo construídas também nove faixas de travessia de pedestres em paralelepípedo vermelho e cinza e rampa de travessia com sinalização em piso tátil para a melhoria da acessibilidade.
Para a execução do pavimento, Rogério Machado afirma que foram necessárias a extração da camada de asfalto e a colocação de brita para proteger a base, onde hoje está sendo assentado o paralelepípedo. Os trilhos estavam perdidos abaixo da camada de asfalto e foram retirados, recuperados e voltam a compor a paisagem da rua.
Os serviços nos trechos 4, na lateral do Palácio Rio Branco, e 5, em frente à Câmara dos Vereadores, já foram concluídos, incluindo a volta dos trilhos do bonde. Completando a área de serviços da Rua Chile, os operários finalizam a execução da vala técnica, no trecho 6, localizado nas proximidades da Praça Castro Alves, entre os hotéis Fera Palace e Fasano.
Pelas Ruas
Estão sendo investidos recursos na ordem de R$124 milhões para a requalificação de calçadas com melhorias na acessibilidade e pavimentação de 314 vias em paralelepípedo e asfalto na região antiga da cidade, incluindo a Rua Chile e mais 17 vias do Centro Histórico de Salvador. O projeto foi dividido em cinco lotes, sendo que em quatro as obras já foram iniciadas. 
No total, 215 ruas já foram concluídas. Em 24 ruas os serviços estão em andamento e em mais 75 vias as obras vão iniciar. A Rua Chile integra o lote 2, que é formado também por mais 90 vias, incluindo 17 ruas do Centro Histórico e mais 73 dos bairros do Dois de Julho, Politeama, Nazaré e Centro. Neste lote, estão sendo investidos cerca de R$ 43 milhões.
 
Fonte: Ascom/Conder