Com o objetivo de apoiar o setor produtivo do agronegócio no oeste baiano e atrair investimentos para potencializar o desenvolvimento regional e econômico da Bahia, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia (Seagri), participará ativamente da Bahia Farm Show. Além de viabilizar financeiramente a realização da feira, apoio que acontece desde 2005, a Seagri irá contribuir para o fortalecimento e estruturação de médios e grandes produtores da agropecuária, através do compartilhamento de conhecimento e acompanhamento técnico.

Durante a feira, a Seagri vai promover a articulação entre os segmentos produtivos e as instâncias do governo em relação às demandas relativas à infraestrutura, fomento e atração de investimentos. Também vai tirar dúvidas dos agricultores e produtores rurais em relação às atividades de fiscalização, assistência técnica, defesa agropecuária e pesquisa, e prestar orientações para questões que possam ser atendidas “in loco” ou encaminhadas posteriormente.

O stand, que tem 577 metros quadrados, também estará disponível para reuniões de trabalho entre as instituições públicas e privadas que representam o setor produtivo, dando suporte aos participantes com a infraestrutura física dentro do evento, criando um ambiente propício para a realização de negócios e fomento à economia da região.

Além disso, os problemas dos pequenos, médios e grandes produtores do agronegócio, investidores, e dos empresários das cadeias produtivas e de indústrias de equipamentos agrícolas envolvidas também serão ouvidos e recebidos pela Seagri, que fará a devida articulação institucional e governamental para encaminhamento de soluções.

Bahia Farm

A 15ª Feira de Tecnologia Agrícola e Negócios acontecerá no município de Luís Eduardo Magalhães, às margens da BR 242/BA 020, KM 535, no Complexo Bahia Farm Show, entre os dias 28 de maio e 1º de junho, e funcionará de 9h às 19h, com leilões de animais, demonstrações em campo de máquinas e equipamentos agrícolas, além de palestras, seminários, fóruns e visitas técnicas a experiências bem-sucedidas na região, sem cobrança de entrada para acesso ao parque.

Fonte: Ascom/Seagri