A Cooperativa Canavieirense de Apicultores (Coaper), de Canavieiras, litoral Sul da Bahia, está apostando na produção de pólen, alimento que vem se destacando por suas propriedades e benefícios à saúde humana. O produto foi eleito por especialistas do Congresso Brasileiro de Apicultores como o melhor pólen do Brasil e, com apoio do Governo da Bahia, estará presente na Naturaltech 2019, maior feira de produtos saudáveis da América Latina, de 5 a 8 de junho, em São Paulo.

A Coaper possui a primeira unidade de beneficiamento de pólen apícola da agricultura familiar do país e é formada por 26 cooperados, que possuem de 35 a 40 caixas de abelhas em suas propriedades e fornecem a matéria-prima utilizada pela cooperativa. Toda a produção é realizada, desde o apiário até o envase, dentro das Normas de Boas Práticas implantadas com a supervisão da Universidade de Taubaté (Unitau), em São Paulo, e é fiscalizada pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF).

Para a coordenadora do programa de apicultura da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Marivanda Eloy, a conquista do SIF mudou não só a qualidade do pólen, mas, principalmente, a qualidade de vida dos produtores: “O apicultor já sabe quanto vai ter no bolso, porque sabe que nesse mercado não vai ter nenhum problema em relação à comercialização”.

Na cooperativa são produzidos cerca de 600 quilos de pólen por mês e os produtos são comercializados com a marca Natuflora, em todo o Território Nacional, especialmente no Sul e Sudeste. Em Salvador, podem ser encontrados em lojas como Grão de Arroz e Espaço Natural.

O representante da Coaper, Anselmo Matos Nascimento, afirmou que é preciso dar cada vez mais visibilidade aos produtos da agricultura familiar e que o apoio do Governo do Estado na participação na Naturaltech traz para as cooperativas essa oportunidade: “Vamos mostrar a qualidade do nosso produto, que traz respeito ao meio ambiente e responsabilidade social”.

Bahia Produtiva

A Coaper foi selecionada no edital de Qualificação de Agroindústrias da Agricultura Familiar do projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio de acordo de empréstimo com o Banco Mundial. Estão sendo investidos R$301,1 mil para implantação de estação de energia solar e a qualificação da unidade de beneficiamento de mel.

Fonte: Ascom/ SDR