Nesta quinta-feira (30), às 17h, o Museu de Arte da Bahia promove palestra e apresentação do grupo ‘As Empandeiradas’, uma orquestra de pandeiro feminina formada por alunas de Wive Melo, idealizadora do projeto ‘O Pulso e a Pele- Pandeiroterapia’. Será a 15ª edição do Projeto Leituras do Mundo, que acontece todos os meses na Biblioteca do MAB. Entrada gratuita.

Wive Melo é multiartista e arte educadora baiana maestrina da orquestra ‘O Pulso e a Pele’ que nasceu à partir da necessidade de capacitar suas alunas com seus pandeiros e suas expressões individuais. Segundo Wive através da prática de banda, as alunas se expressam e se empoderam basicamente com o pandeiro e outros instrumentos percussivos, o canto, a arte e a música, construindo um trabalho musical e uma identidade artística com encontros semanais, ensaios e apresentações para todos os gêneros.

Coordenando o projeto, Wive Melo disse que o grupo se formou inicialmente com mulheres que não se conheciam entre si, mulheres de diferentes faixas etárias, diferentes, histórias de vida e diferentes níveis sociais que se uniram com harmonia, respeito e sonoridade, apesar de ser 80% do grupo, tem intensa participação de homens. Durante a palestra elas vão apresentar repertório bastante percussivo, com repertório variado da MPB, músicas regionais e autorais de Wive Melo.

Fonte: Ascom/ MAB