Os estudantes selecionados para os cursos técnicos de nível médio ofertados pela Secretaria da Educação do Estado, na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio (Prosub), têm até sexta-feira (1º) para a efetivação da matrícula, iniciada nesta quarta (30). O procedimento é realizado somente na unidade escolar para a qual o estudante se inscreveu e foi contemplado com o curso.

Foram ofertadas dez mil vagas para cursos técnicos nos Centros Estaduais, Territoriais e unidades compartilhadas da rede estadual, em 82 municípios da Bahia, envolvendo todos os 27 Territórios de Identidade. Os cursos mais procurados foram os de Enfermagem, Segurança do Trabalho, Logística e Nutrição, em municípios como Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Vitória da Conquista e outros. O início do período letivo será no dia 11 de fevereiro.

Para a efetivação da matrícula, os contemplados deverão apresentar os seguintes documentos: original e cópia da Carteira de Identidade, do CPF, Histórico Escolar e comprovante de residência atualizado. Como as vagas foram distribuídas segundo a ordem classificatória das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente ou com base no resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), o estudante também deverá levar, no ato da matrícula, a comprovação das notas de Português e Matemática no Enem, conforme declarado no ato da inscrição.

No Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Empreende Bahia, localizado no bairro Água de Meninos, em Salvador, a matrícula está ocorrendo de forma rápida e tranquila. Débora Isla dos Antunes, 18, reuniu todos os documentos e foi ansiosa fazer sua matrícula. “Gosto muito de cozinhar e adoro essa área de Nutrição. Quero fazer esse curso para ter uma boa base técnica, pois pretendo fazer faculdade de Nutrição e esses conhecimentos vão ser muito úteis”, disse entusiasmada.

Para Lázaro dos Santos Tavares, 47, o curso técnico em Alimentos vai agregar muito na sua carreira. “Já trabalhei em padaria e esse curso vai me dar mais conhecimento para trabalhar com alimentos. Este será o meu segundo curso técnico, pois também sou formado em Mecânica Industrial”, comentou.

Fonte: Ascom/ Secretaria de Educação do Estado