As comemorações pelo Dia do Marinheiro, celebrado em 13 de dezembro, já começaram no 2º Distrito Naval, em Salvador. A tradicional solenidade foi realizada nesta terça-feira (11), na sede do Comando, no bairro do Comércio, onde o governador Rui Costa foi condecorado com a Medalha Mérito Tamandaré. A honraria é concedida a autoridades, instituições, civis e militares que divulgaram e fortaleceram as tradições navais.

“Estou feliz por receber essa honraria da Marinha do Brasil, uma instituição que orgulha a todos os brasileiros e que tem uma história extraordinária. Essa homenagem que recebi leva o nome do almirante Tamandaré, patrono da Marinha, e que também foi um lutador do 2 de Julho, pela independência da Bahia. É um orgulho imenso”, destacou o governador.

Marinha
(Foto: Carol Garcia/GOVBA)

Segundo o comandante do 2º Distrito Naval, vice-almirante Almir Garnier, para conceder a Medalha Mérito Tamandaré, a Marinha utiliza alguns critérios. “Nós oferecemos a condecoração a pessoas que nos apoiam de alguma maneira e que propagam as boas práticas da instituição. Como o governador Rui Costa afirmou em seu discurso, a Marinha está presente na Bahia desde o momento de sua independência, uma data que marca o fortalecimento do povo e do estado”, explicou.

Premiação

Além das homenagens, também foi realizada a premiação de estudantes vencedores do concurso de redação da “Operação Cisne Branco”, que busca despertar nos jovens, seus pais e professores o interesse pelos assuntos ligados ao Poder Naval, Poder Marítimo, Amazônia Azul e História Naval do Brasil. A cerimônia também contou com a presença de Rui Costa.

Iniciativa da Marinha, o concurso teve participação de alunos da rede estadual de ensino e de colégios militares, do 6º ao 9 ano do Ensino Fundamental, e de todas as séries do Ensino Médio. Receberam o prêmio, nesta terça, os estudantes Nicole Menezes (ensino médio local e regional), Thaís do Nascimento Ramos (ensino fundamental local) e Cláudia Maria da Silva Mota (ensino fundamental local).

Marinha
(Foto: Carol Garcia/GOVBA)

Uma das vencedoras do concurso, a estudante Nicole Menezes, que escreveu sobre a Marinha, ficou surpresa com a premiação. “Eu não esperava ganhar. Fui indicada por uma professora para participar e estou muito feliz. Durante as pesquisas, pude conhecer mais sobre a instituição. Descobri que a Marinha é mais que uma carreira, é uma opção de vida. Quem escolhe essa missão precisa ter o desejo de servir à nação. Nunca vou esquecer desse concurso e desse prêmio”, revelou a aluna do 3º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Bertholdo Cirilo dos Reis, localizado no bairro São João do Cabrito, em Salvador.


Repórter: Lina Magalí