A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) cedeu um imóvel com cerca de 300 mil metros quadrados, situado na Ilha de Itaparica, para ser utilizado em um projeto social, que beneficiará pequenos agricultores e estudantes de escolas públicas. Trata-se de uma fazenda pertencente à extinta Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), que foi cedido para a prefeitura do município. 
Serão assentadas no local 30 famílias de agricultura familiar, que vão produzir alimentos para a merenda escolar da rede municipal de ensino. A Fazenda Mocambo servia como uma estação experimental da EBDA, onde era realizada pesquisa na área agrícola. Com a liquidação da empresa na reforma administrativa do Governo do Estado, parte da propriedade ficou sem utilização, com exceção de trechos onde funcionam poços de petróleo e gás natural. 
Agora, os produtores rurais vão cultivar alimentos diversos na Fazenda Mocambo, situada na Estrada do Mocambo, a partir do projeto desenvolvido pela prefeitura do município. O município possui um termo de cooperação técnica com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), para que especialistas prestem assistência técnica aos agricultores.
De acordo com a prefeita de Itaparica, Marlylda Barbuda, pelo menos 30% da produção da Fazenda Mocambo serão adquiridos para merenda escolar dos alunos da rede municipal de ensino, como determina o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). O projeto tem dupla finalidade social: a destinação a terra com assentamento de agricultores familiares e o fornecimento alimentos frescos e saudáveis para os estudantes das escolas públicas municipais.
A compra da produção dos agricultores locais pela prefeitura para merenda escolar também alavanca a economia do município, aumentando a circulação de dinheiro no município. 
Fonte: Ascom/Saeb