A Polícia Militar da Bahia (PMBA) reuniu 2,5 mil estudantes no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, na tarde desta sexta-feira (9), em cerimônia de formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). As crianças e adolescentes representam 40 escolas que participam das atividades do programa em Salvador e região metropolitana. 
O Proerd é desenvolvido pela PMBA há 15 anos nas escolas públicas de educação infantil e ensino fundamental. O trabalho envolve a corporação militar e a sociedade para que juntos possam contribuir na prevenção ao uso de drogas, além da capacitação dos jovens para que tomem decisões consideradas acertadas. 
Segundo o coordenador do Proerd, tenente-coronel César Bonfim, 79 mil estudantes foram atendidos neste ano na Bahia. “O Proerd planta sementes para o futuro. A Polícia Militar entende que a forma convencional de prevenção não é suficiente para que a gente possa controlar e conter a criminalidade. O nosso programa faz a prevenção primária numa abordagem com crianças para que elas entendam o contexto social em que vivem e ensinando habilidades para contornar situações de envolvimento com drogas”, explicou. 
Para marcar o aniversário de 15 anos do Proerd no estado, um livro que conta a trajetória do programa foi lançado durante a cerimônia. “Esse livro foi organizado por nós, da coordenação, mas construído com relatos de instrutores que construíram o Proerd na Bahia ao longo desses 15 anos. É uma obra que traz a mensagem de que o trabalho do policial proerdiano deve ser muito bem recepcionado e aplaudido pela comunidade baiana”, acrescentou César Bonfim. 
Autoridades, como o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e coordenador do Pacto pela Vida, Cézar Lisboa, e familiares acompanharam a solenidade. Entre eles, Maria de Fátima, mãe da estudante Sofia, 10 anos, afirmou que o Proerd "é um trabalho fundamental para ajudar as crianças a diferenciarem as coisas boas e ruins e afastá-las das drogas”. 
Apoiadores do programa também foram homenageados na ocasião. Os estudantes vencedores de um concurso de redação receberam como prêmio uma bicicleta.
Repórter: Jairo Gonçalves