O Colégio Estadual Professor Magalhães Neto, localizado em Ruy Barbosa, no centro norte da Bahia, está participando do projeto Cineasta 360°, desenvolvido pelo Facebook em parceria com a ONG Recode. A atividade tem o objetivo de motivar os estudantes a produzir vídeos de curta duração que retratem questões relevantes de suas vidas e de suas comunidades, utilizando a tecnologia de vídeo 360º. A iniciativa também envolve formação de professores para o uso da tecnologia de realidade virtual.
A escola foi selecionada pela ONG Recode, que realizou uma formação em audiovisual para 10 professores e dois funcionários na própria unidade escolar. Do Facebook, o colégio ganhou três kits com os equipamentos Gear VR, celular Samsung, câmera e tripé, para o desenvolvimento do projeto. 
Os estudantes já estão produzindo os curta-metragem, de três minutos, contextualizados com a realidade local. Nesta semana, a comunidade escolar assistiu o resultado do vídeo ‘Mãos que abrem caminhos’, sobre o trabalho nas pedreiras da cidade, envolvendo inclusive o cotidiano de pais de estudantes que trabalham com a atividade.
A gestora do colégio, Maria Auxiliadora Magalhães, disse que a formação e a chegada dos equipamentos despertaram ainda mais o interesse dos estudantes pela produção audiovisual. “A escola já desenvolve o projeto Produção de Vídeos Estudantis [PROVE] e, agora, os professores e os estudantes estão ainda mais motivados com o projeto Cineasta 360º, tanto é que todos os vídeos produzidos serão exibidos no Festival de Curtas do colégio, no fim do ano”, explicou.
Para a seleção da unidade escolar, entre os critérios, a ONG Recode e o Facebook consideraram escolas em que os estudantes tenham acesso a computadores para edição de vídeo e internet de qualidade, professores com disponibilidade, compromisso, entusiasmo e experiência com projetos de tecnologia e o apoio da direção escolar.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado