As escolas estaduais estão realizando uma série de atividades alusivas ao Novembro Negro, mês em que é celebrado o Dia da Consciência Negra (20). Apresentações de teatro, música, dança, desfiles da beleza negra, palestras com educadores e especialistas fazem parte das ações que visam chamar a atenção para o combate ao racismo e ao preconceito, além de fortalecer a Educação para as Relações Étnico-raciais. Nesta terça-feira, algumas escolas da capital estão com uma programação diversificada. Confira abaixo e mais informações no Portal da Educação.

Colégio Estadual Edvaldo Brandão Correia

20/11 – Estudantes do curso Técnico de Administração apresentará propostas de empreendedorismo negro na moda, na culinária, decoração e turismo

Local: Cajazeiras IV

Horário: 8h às 17h

Contato: Firmina Viterbo de Azevedo – gestora – 3462-0244 – 98798-4484


Colégio Estadual Bolívar Santana

20 a 23/11 – Manhã e tarde – Projeto Gincana Cultura Bahia – Berço Africanidade Brasileira

Local: Centro Administrativo da Bahia (CAB)

Horário: 8h às 12h

Contato: Paulo César Rocha – vice-diretor – 9-9250-5926 / 3231-7780

Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes – Cabula

Projeto – A coisa está ‘Preta’ no Francisco

20/11 – Roda de conversa sobre o racismo

Local – Cabula

Horário: 8h

Contato: Ana Cristina – gestora – 3387-3468/991976782


Escola Estadual Lindembergue Cardoso

20/11– Palestras, exibição de audiovisual e fotográfica, do projeto Mídia e Racismo.

Local: Mirantes de Periperi – Salvador

Horário: 9 h

Contato – Railda Fernandes – gestora – 9-8824-2615 / 3307-4539 / 3217-4846

Centro Estadual Pestalozzi da Bahia – Educação Inclusiva

20/11 – Contação de Histórias e Lendas Africanas

Local: Ondina

Horário: 8h

Contato: Ricardo Baqueiro – gestor – 98795-3912.