Mais de 1.200 jovens que concluíram os cursos técnicos de nível médio na rede estadual de ensino foram beneficiados pelo Programa Primeiro Emprego, no âmbito da Secretaria da Educação do Estado. Formados por diferentes Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional da rede estadual, bem como por unidades compartilhadas, os técnicos atuam nos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), nas escolas da capital e do interior e, também, na sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

O técnico em Informática, Vinicius Sales, 20, é um dos beneficiados pelo programa. Lotado na Superintendência de Recursos Humanos da Secretaria da Educação, ele fala sobre esta primeira experiência profissional. “Meu trabalho aqui é com processos, de receber os processos no sistema, finalizar e tramitar para outros setores. É uma boa experiência, porque vai me ajudar muito a conhecer e a entender como funciona o serviço público e o mercado de trabalho. Tenho certeza que vou crescer muito pessoalmente e me tornar um bom profissional aqui”, conta.

O bom desempenho no curso Técnico em Informática, no Colégio Aplicação Anísio Teixeira, em Salvador, também rendeu a Ismael Barbosa, 21, a oportunidade da primeira experiência profissional pelo programa na Superintendência de Recursos Humanos da Educação. “Aqui, eu tenho contato direto com os professores, suas programações, atuações e verifico como está o andamento das aulas. O trabalho é basicamente dar suporte aos diretores, por meio do sistema. Está sendo uma experiência ótima ter meu primeiro emprego em um grande órgão, com diversos setores e trabalhar com tecnologia, que é a minha área”, comemora, ao destacar a importância do Programa Primeiro Emprego para a juventude. “É uma iniciativa maravilhosa de acolher jovens, inserindo-os no mercado de trabalho e garantindo uma experiência profissional”, relata.


Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado