O governador Rui Costa participa nesta segunda-feira (4), às 19h, no Teatro Castro Alves (TCA), da abertura do 19º Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação. O encontro prossegue até o dia 8, no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado (antigo Iceia), situado no bairro do Barbalho, em Salvador. Com o tema ‘Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único’, o evento reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, do Caribe e da África.

Na programação, destaque para os fóruns e as conferências, ministrados por renomados professores, escritores e pesquisadores brasileiros e estrangeiros que estão envolvidos na temática da Educação no século XXI e sua interface com a inclusão, a diversidade, o meio ambiente, a inovação, a tecnologia e a formação docente.

Em virtude da importância estratégica da Educação nas sociedades plurais do século XXI, o XIX Virtual Educa está dividido em dois eixos, com diferentes programações. O primeiro é o Espaço Pedagógico ‘Educação para transformar a sociedade em um único espaço multicultural’, destinado a educadores e estudantes, que estarão reunidos no Iceia.

O segundo refere-se ao Fórum Global de Educação e Inovação ‘Cooperação Sul-Sul’, voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, durante o qual será apresentada a iniciativa Think Blue, desenvolvida pela Virtual Educa em colaboração com o Banco Mundial.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, ressalta a importância da realização do Virtual Educa em 2018. “Como uma iniciativa projetada em 2001, com vistas a superar todas as dificuldades e envolver as pessoas, o Virtual Educa agora nos dará a oportunidade, no Brasil, de discutir não somente a América Latina, mas também o continente africano. A Virtual Educa Brasil 2018 não será um debate dentro do Brasil, mas o Brasil e a Virtual Educa falando para todo o mundo sobre as necessidades que temos e a possibilidade de superar todas as barreiras para alcançar esta nova escola, esta nova educação”.

Fóruns

Ao longo dos cinco dias do evento, serão realizados seis fóruns, tendo à frente renomados professores, escritores e pesquisadores ligados à Educação, nas mais diferentes áreas do conhecimento. Serão eles: III Fórum de Desenvolvimento Tecnológico; III Fórum de Inclusão, Avaliação e Qualidade; XI Fórum de Educadores para a Era Digital; XI Fórum de Educação Superior, Inovação e Internacionalização; VII Fórum Formação ao Longo da Vida; e XIV Fórum de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. Cada fórum promoverá de três a quatro conferências e apresentará uma média de 45 trabalhos de pesquisa, voltados ao tema geral do evento.

Conferências

A programação também inclui conferências. Entre os conferencistas estrangeiros estão Christian Miranda, U.C. Chile, que abordará o tema ‘El silencioso abandono de la formación integral del educador del siglo XXI’. Também marcarão presença o reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Salles, que abordará o tema “Ufba e o ensino do século XXI”; e representantes da Fundo das Nações Unidas para a Infância/Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, que participarão da conferência ‘Programas de apoio a Educação na parceria Unicef/BNDES’.

‘Inovações nas Escolas da América Latina’, com Rodrigo Pimentel, da Google, e ‘Aprende quem ensina’, com o maestro Ricardo Castro, do Neojiba, também estão na programação. Mais informações estão disponíveis no Portal da Educação.