A entrega de instrumentos de fanfarra no Colégio Polivalente San Diego, no bairro do Uruguai, em Salvador, se transformou num grande ato musical. Com apresentação de alunos e membros da fanfarra, a entrega dos instrumentos pelo secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Cezar Lisboa, se tornou ainda mais especial.

Acompanhado do maestro coordenador do Neojiba, Helder Passinho, e da coordenadora do projeto na SJDHDS, Ana Vilas Boas, o secretário fez a entrega dos 15 instrumentos de sopro que compõem o kit e aproveitou para elogiar a percussão da banda marcial, que fez uma apresentação de boas vindas.

"Esse é um projeto muito importante porque envolve jovens com a música. Sempre que estou nas escolas peço que vocês se manifestem porque vocês, alunos, são a razão pela qual nós fazemos políticas públicas como essa, e projetos como o Neojiba também são construídos pensando em vocês", pontuou Lisboa.

A estudante Larissa da Silva, que já integrou o Neojiba, foi convidada pelo secretário para falar sobre a importância do projeto e da música. "O Neojiba é um programa que acolhe e nos ajuda, por meio da música, a superar os problemas e nos colocar no mundo de uma forma melhor. Eu tive um problema leve de dislexia e a música me ajudou a superar isso", afirmou.

Poder da juventude

Em saudação aos estudantes, Caruso Costa, da Coordenação de Juventude da SJDHDS, ressaltou o caráter revolucionário da juventude, a necessidade de correr atrás dos seus sonhos e agarrar as oportunidades quando elas aparecem. "Ser jovem é ter energia, viver a vida, mas também buscar conhecimento e não vacilar quando estamos de frente para uma grande oportunidade. É isso que políticas públicas como a entrega desses instrumentos oferecem a vocês", finalizou.

O ato contou ainda com as presenças da diretora Marlene Bispo, do vice-presidente da fanfarra, Josenilton Castro, e da representante da Secretaria Estadual da Educação (SEC), Neia Andrade.

Fonte: Ascom/ SJDHDS