O Grupo de Capoeira Kilombolas, representado pelo seu fundador, Ailton Fiuza da Conceição, consagrado como Mestre Dedé, realizará, neste sábado (19), das 9h às 19h, um conjunto de atividades culturais denominado Ocupação Kilombolas: ‘Capoeira…é jogo de lá!’.

O evento acontecerá no Forte da Capoeira, Largo do Santo Antônio, no Centro Histórico de Salvador, com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado, e pretende difundir o trabalho comunitário do Grupo Kilombolas nestes 45 anos de existência e resistência cultural.

A programação contempla Mostra Cultural, Festival Infantil, Encontro Percussivo, Roda cantada, Roda de Capoeira, entre outras atividades. Os Kilombolas ocupam a Roda contando com participações especiais: Prof. Emília Biancardi, a cantora Virgínia Rodrigues, As Ganhadeiras de Itapuã e percussionistas renomados. Serão homenageados grandes Mestres da Capoeira baiana, além de representantes culturais da cidade.

O trabalho do Grupo acontece atualmente nas comunidades da Federação e adjacências, Fazenda Garcia, Mercês, Pernambués, Itapuã e São Cristóvão; Barra do Pojuca (Camaçari), Morro de São Paulo (Cairu); e nas unidades internacionais Colônia, Alemanha e Paris, França.


Programação: Ocupação Kilombolas: ‘Capoeira…é jogo de lá!’

Quando: 19 de Maio (Sábado) das 09 às 19horas

Onde: Forte da Capoeira- Santo Antonio Além do Carmo

A partir das 09h

– Abertura Poética com Rosana Paulo
– Abertura Kilombolas
– Instrumentos Musicais Tradicionais: Uma Viagem com Emília Biancardi
– Primeira Mostra Cultural de Habilidades e Treinamentos – Festival Kilombolas
– Roda Infantil: Movimentando a Alegria

A partir das 14h30

– Recomeçando: As Ganhadeiras chamam para a Roda
– Trajetória Kilombolas: Quem Acompanhou?
– Virgínia Rodrigues, Um Canto Solene, uma voz singular que se espalha e encanta
– Do Quilombo aos Kilombolas: percussão a serviço da resistência Capoeira
– Roda Cantada: A puxada de Mestre Tonho Matéria
– Roda 45 Anos Kilombolas: MESTRE DEDÉ convida os companheiros de jornada
– Chula para Cantar e Dançar.


Fonte: Ascom/ Secretaria da Cultura do Estado (Secult)