Um estudo desenvolvido pelo Centro Tecnológico Agropecuário da Bahia (Cetab), em parceria com outras instituições baianas, foi publicado na última edição da revista The Florida Entomologist, nos Estados Unidos. O trabalho consistiu no desenvolvimento de um novo atrativo natural para utilização em armadilhas de monitoramento de moscas das frutas, principal praga da cultura de manga na Bahia. 
Algumas espécies desta praga, como a Ceratitis capitata e Anastrepha obliqua, estão presentes em diversos países das Américas e afetam diversas culturas de frutas com grande importância econômica. No Brasil, a praga apresenta preferência acentuada por manga Mangifera indica e outras frutas da família Anacardiaceae, gerando grandes prejuízos. 
De acordo com a Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri), o estudo avaliou a eficácia de fontes alternativas de proteína, como isca alimentar em armadilhas, baseando-se na necessidade das fêmeas por proteínas voltadas ao desenvolvimento do ovário e maturação dos ovos. 
De acordo com os pesquisadores, também foram realizados testes nos laboratórios do Cetab a partir da utilização da técnica do túnel de vento. O sistema mais utilizado atualmente para o monitoramento das pragas consiste em versões de vidro ou plástico da armadilha McPhail contendo uma mistura de proteínas e água. No entanto, frequentemente são relatadas dificuldades no manuseio, baixa eficiência e captura de organismos que não são alvos.
Para a secretária da Agricultura, Andréa Mendonça, “este é mais um importante trabalho realizado pelo Cetab, pois traz novas possibilidades para o monitoramento das moscas das frutas, tornando este processo mais eficaz e reduzindo as perdas econômicas com esta praga, considerada a mais prejudicial para a cultura da manga”. 
Responsável por executar atividades de pesquisa e prestação de serviços laboratoriais especializados nas áreas da agricultura, pecuária, agroindústria e recursos naturais renováveis, o Cetab possui 12 laboratórios para realização de análises animal e vegetal.
Fonte: Ascom/Seagri