A atenção humanizada ao parto refere-se à necessidade de um novo olhar, compreendendo-o como uma experiência verdadeiramente humana. Acolher, ouvir e orientar são aspectos fundamentais no cuidado às gestantes. Nesse conceito, o Hospital Regional Deputado Luis Eduardo Magalhães (HRDLEM), vinculado à Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em Porto Seguro, no extremo sul, tem capacitado cada vez mais as equipes para adotarem uma postura ainda mais sensível com as pacientes.

Os profissionais têm compreendido o significado da humanização do parto e suas implicações positivas na vida da mulher. Para que isso se torne efetivo, eles estão dando voz às parturientes, ouvindo suas queixas, dúvidas e expectativas, realizando um acolhimento satisfatório para a parturiente e a família que a acompanha.

O reflexo dessas ações está no reconhecimento das pacientes. Esta semana, Jairlane Colares, que acompanhou a gestante Gracielli Rocha Gonzaga, no dia 12 de março, à unidade, fez um agradecimento especial pelo tratamento recebido no HRDLEM. “Foi um dos melhores tratamentos que recebemos. Ela foi prontamente avaliada pela enfermeira obstetra Micaeli, que respeitou todos os direitos daquela mulher, e, com muito amor, permitiu que ela tivesse seu bebê sem intervenções. E a enfermeira Carolina que conduziu o parto, não poderia ter sido mais atenciosa e amorosa. Muito obrigada”.

A equipe que administra o hospital compreende que a humanização possui muitos desafios, mas acredita no potencial das equipes instruídas pelas políticas e recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS), empenhadas em melhorar a qualidade de vida dos usuários do Serviço Único de Saúde (SUS) e contribuindo também para o crescimento de todos os colaboradores.

Fonte: Ascom/Secretaria da Saúde do Estado (Sesab)