Esta sexta-feira (20) é o último dia para apresentação de projetos dos atletas e paratletas interessados no benefício do Bolsa Esporte. O processo seletivo foi iniciado em 20 de março, conforme regras estabelecidas pelo Edital 01/2018. Criado pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o Bolsa Esporte disponibilizará R$1,2 milhão para os anos de 2018 e 2019.
As propostas devem ser entregues no setor de Protocolo da Sudesb, localizado na Rua Santo Antônio de Ipitanga, anexo do Centro Panamericano de Judô, em Ipitanga/Lauro de Freitas, até as 16h30 de sexta (20). O benefício máximo é de até R$ 2 mil por mês, enquanto o mínimo é de R$ 380. O incentivo financeiro e técnico é concedido mensalmente, pelo prazo de um ano e renovável por igual período, nas categorias Internacional A, Nacional A e Nacional B, além de Talento Esportivo, essa última com oferta de 40 bolas.
Para solicitar o benefício, é necessário apresentar plano anual de participação em competições e de treinamento. Os postulantes não podem ter sofrido penalidade imposta por tribunais de Justiça Desportiva, federações ou confederações nas modalidades correspondentes nos últimos dois anos.
Bolsa Esporte 
Por meio do programa, o Governo do Estado disponibiliza ao atleta um auxílio financeiro para treinamento e participação em competições regionais, nacionais e internacionais. As modalidades esportivas atendidas são todas aquelas reconhecidas pelos comitês Olímpico e Paralímpicos brasileiros.
Fonte: Ascom/Sudesb