O aniversário de 50 anos Colégio Estadual Luís Viana, localizado no bairro de Brotas, em Salvador, foi comemorado nesta terça-feira (24) pela comunidade escolar. Participaram também da programação de atividades, ex-. alunos, ex-professores e ex-gestores.Um ato ecumênico, exposição de fotos, medalhas e troféus, além da exibição de um filme com os melhores momentos da história do colégio, marcaram a ocasião.

A estudante Karoline de Jesus Sousa, 15, 2º ano, revelou que estudar no Colégio Luís Viana já é uma tradição de sua família: “Minha irmã já foi aluna e tenho vários tios que também já estudaram aqui. É um ambiente escolar muito interessante, com um espaço físico amplo, uma equipe de professores competente. Gosto muito da minha escola”.

No seu último ano no colégio, onde está concluindo o curso técnico de Administração, por meio da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), Jocimar dos Reis, 35, falou sobre a sua satisfação e gratidão por ser aluno da unidade. “Entrei aqui com o objetivo de buscar uma oportunidade de voltar a estudar para, depois, entrar no mercado de trabalho. E aqui fui surpreendido por uma escola maravilhosa, onde fiz muitas amizades e ganhei muito conhecimento. Não falto aula, tenho 100% de frequência. Sou muito feliz em participar das comemorações dos 50 anos da escola”.

Colégio Lupis Viana 50 anos
Foto: Claudionor Junior/Educação

A professora aposentada, ex-orientadora educacional e pedagógica do Luís Viana, Vanda Macedo, fez questão de atender ao convite da direção da escola onde trabalhou por 40 anos. “É muita emoção estar aqui hoje participando desta festa de comemoração dos 50 anos de um colégio que representa uma boa parte da minha vida. Aqui me sentia em casa, sempre fui muito querida: do porteiro ao diretor, especialmente pelos alunos que até hoje me reconhecem quando nos encontramos na rua. É muito gratificante olhar para trás e ver que contribuímos para a educação de tantos”.

Cidadãos críticos

Ex-aluno da unidade, o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia, Inaldo da Paixão, atualmente conselheiro corregedor do TCE, ganhou homenagem especial durante o evento. “Fui muito feliz aqui por dez anos e devo muito do que aprendi aos professores deste colégio, e muitos deles estão aqui atualmente. Estou aqui hoje para reviver histórias e falar de vitórias, lembrando aos jovens estudantes que eles são o futuro do País e estudar é um conselho importante que os pais da gente sempre nos dão e vocês devem acreditar nisso”.

A diretora do colégio, Soane Nascimento, resumiu o que significa o Luís Viana para a Educação no estado. “Ao longo de seus 50 anos, a escola vem servindo a comunidade com o objetivo de construir cidadãos críticos, autônomos, criativos e humanos que lutem por uma sociedade não excludente e não alienante, promovendo a participação com condições de igualdade a todos e a convivência com a diversidade dos indivíduos. O Luís Viana é resultado de um conjunto de pessoas que aqui trabalham e estudam e fruto da semente plantada por todos aqueles que acreditam na educação”.

Fonte: AScom/Secretaria da Educação do Estado