Um dos principais desafios da economia solidária, a comercialização dos produtos ganhou um importante incentivo do Governo do Estado. Na manhã desta quarta-feira (04), a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) realizou a entrega simbólica de 1.300 barracas que serão utilizadas pelos empreendimentos solidários em eventos do segmento.

“A compra dos equipamentos é resultado de um investimento de R$ 1,1 milhão do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza. As novas barracas vão garantir que as empreendedoras e os empreendedores tenham uma estrutura digna para participar das feiras, que são as principais oportunidades de comercialização para os grupos solidários”, afirmou a titular da Setre, Olivia Santana, durante o ato de entrega, realizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

As barracas serão doadas aos empreendimentos atendidos pelos nove Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols) do estado. “Existe uma demanda muito grande por esse tipo de equipamento. Acredito que vai ser um impulso significativo para ampliar as vendas dos empreendimentos que acompanhamos”, destacou Waldir Lino, presidente do Instituto Oficina da Cidadania, entidade que administra o Cesol do Sudoeste Baiano.

De acordo com o superintendente estadual de Economia Solidária, Milton Barbosa, a distribuição dos equipamentos integra um conjunto de ações voltadas para fortalecer o escoamento da produção do setor. “O Governo do Estado vai lançar um edital de apoio à rede de lojas da economia solidária e para a organização de um circuito estadual de feiras. A entrega das barracas é uma etapa fundamental nesse processo”, explicou.


Fonte: Ascom/ Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre)