O alimento que vem se destacando por suas propriedades e benefícios à saúde humana, o pólen apícola desidratado, da Cooperativa de Apicultores de Canavieiras (Coaper), foi o destaque da agricultura familiar trazido pelo governador Rui Costa, em seu programa #PapoCorreria desta terça-feira (24).

A Coaper, primeira Unidade de Beneficiamento de Pólen Apícola da Agricultura Familiar do Brasil, é formada por 26 cooperados que possuem de 35 a 40 caixas de abelhas em suas propriedades, e fornecem toda a matéria-prima utilizada pela cooperativa. Toda a produção é realizada, desde o apiário até o envase, dentro de Normas de Boas Práticas implantadas com a supervisão da Universidade de Taubaté (Unitau), em São Paulo, e é fiscalizada pelo Serviço de Inspeção Federal.

Na cooperativa são produzidos cerca de 600 quilos de pólen por mês e os produtos são comercializados com a marca Natuflora, em todo o Território Nacional, especialmente no Sul e Sudeste. Em Salvador, podem ser encontrados em lojas como Grão de Arroz e Espaço Natural.

Para o presidente da cooperativa, Anselmo Matos Nascimento, participar do #PapoCorreria foi uma oportunidade ímpar de divulgação: “Nosso Polén ainda é pouco conhecido, principalmente no Nordeste, e é preciso darmos cada vez mais visibilidade aos produtos da agricultura familiar”.

Matos observou que o compromisso da Coaper é sempre garantir a qualidade dos seus produtos, com respeito ao meio ambiente e responsabilidade social perante a comunidade e os seus cooperados.

No final do programa, o governador Rui Costa ressaltou que faz questão de ter em todos os programas representantes da agricultura familiar: “Fico orgulhoso em poder mostrar para a Bahia a riqueza do nosso estado”.

Bahia Produtiva

A Coaper foi selecionada na primeira etapa do edital de Qualificação de Agroindústrias da Agricultura Familiar do projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). O edital, no valor de R$ 20 milhões, tem a finalidade de recuperar unidades agroindustriais que estão com dificuldade de funcionamento.

“A expectativa é melhorar nosso nicho de mercado com a produção de novos produtos, incluindo o mel na nossa linha de produtos da Natuflora. Queremos adequar nossa unidade e expandir nossa produção”, afirmou Anselmo.


Fonte: Ascom/ SDR