O Lálá Multiespaço encerra o projeto LáláB – Pague Minha Pauta com programação diversificada no mês de abril. Serão oito shows e três oficinas musicais, além de conversas com os artistas participantes. No próximo fim de semana, se apresentam o rapper Hiran e a cantora Aiace. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e serão vendidos no local.
O rapper Hiran apresenta o recém-lançado disco ‘Tem Mana No Rap’ em duas apresentações na sexta-feira (6), às 21h e às 23h. O jovem de Alagoinhas tem influências que variam entre o Grime de Londres e a Música Popular Brasileira, buscando dar uma nova cara ao Rap, tratando de temáticas que envolvem o preconceito e a aceitação pessoal enquanto artista e ser humano no contexto atual. 
Já no sábado (7), às 21h e às 23h, os shows são de Aiace. A cantora se apresenta ao lado do multi-instrumentista chileno Jorge Solovera, em um formato intimista, que amplia as experimentações nos caminhos interpretativos e na própria construção das canções. Os dois se revezam entre instrumentos de corda, percussão e voz, com climas e texturas únicas, construindo novas roupagens para as músicas de ‘Dentro ali’, primeiro disco solo de Aiace lançado em novembro de 2017. Filipe Lorenzo e Bruna Barreto fazem participações. 
Aiace e Hiran também reservam um tempo para uma conversa com o público sobre seus trabalhos, com entrada gratuita. O rapper participa do bate-papo na sexta (6), às 20h, enquanto a cantora conversa com o público entre os shows, no sábado (7), às 22h. 
Além de Hiran e Aiace, se apresentam dentro da programação do LáláB – Pague Minha Pauta a cantora Mariella Santiago, nos dias 13 e 14 de abril, às 21h; Mãeana (Ana Claudia Lomelino), 20 e 21 de abril, às 21h; e a banda Metá Metá, 26 e 27 de abril, às 21h. Serão realizadas também oficinas gratuitas do Coletivo Invisível (14 de abril), Coletivo Jabuticaba (21) e EdBrass Brasil (28), finalizadas com jam sessions abertas ao público.
Fundo de Cultura
Com o apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), mecanismo de fomento das secretarias estaduais da Fazenda (Sefaz-BA) e de Cultura (Secult), por meio do Edital de Dinamização de Espaços Culturais, as ações têm realização do Lálá com produção da Maré Produções Culturais. 
“O projeto é uma busca de apoio para esta cena musical, através do incentivo à promoção, circulação, divulgação e fruição dos trabalhos de músicos independentes, mas também uma maneira de garantir a dinamização, manutenção e sustentabilidade da nossa casa, uma coisa alimentando a outra”, explica o idealizador e gestor do espaço, Luiz Ricardo Dantas. O Lálá Multiespaço fica localizado na Rua da Paciência, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. 
Fonte: Ascom/Secult