O encontro sobre iniciativas de mobilidade internacional representadas na SXSW 2018 e Atlantic Music Expo Cabo Verde 2018, que acontece neste sábado (21), em Salvador, recebe o Coletivo Baiano de Produtores e o grupo Viola de Arame. Durante o evento, das 18 às 20h, no Tropos Coworking, em Salvador, serão apresentadas as impressões sobre estes eventos e discutidas algumas das ações desenvolvidas ali.

A atividade faz parte das contrapartidas de duas ações de intercâmbio internacional, promovidas por meio das propostas culturais ‘Coletivo Baiano de Produtores na SXSW 2018’ e ‘Viola de Arame na Atlantic Music Expo 2018’, ambas selecionadas pelo Edital de Mobilidade 2017 do Fundo de Cultura da Bahia.

Coletivo Baiano de Produtores
Foto:Ascom/Secult

Como resultado previsto pelo projeto, aconteceram as participações do Coletivo de produtores e empresas produtoras da Bahia, formado pela Isé Música Criativa, a Multi Planejamento Cultural, a Tropicasa Produções Culturais e a Couraça Criações Culturais, além do grupo instrumental Viola de Arame, nas feiras internacionais SXSW 2018 (South by Southwest, realizada na cidade de Austin, Texas, nos EUA, entre os dias 13 e 17 de março de 2018 e na AME 2018 (Atlantic Music Expo, realizada em Praia, Cabo Verde, entre 16 e 19 de deste mês.

Fundo de Cultura

Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é administrad pelas secretarias estaduais de Cultura (Secult) e da Fazenda (Sefaz). O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em quatro linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação –‘ Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos’; ‘Eventos Culturais Calendarizados’; ‘Mobilidade Artística e Cultural’ e ‘Editais Setoriais’. Mais detalhes podem ser acessados no site da Secult.

Fonte: Ascom/Secretaria de Cultura do Estado (Secult)