Mais de 230 candidatos participaram do mutirão envolvendo atualização cadastral e encaminhamento para contratação no Programa Primeiro Emprego (PPE). A ação aconteceu nesta sexta-feira (19), no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação (CEEP) Régis Pacheco, no município de Jequié. O objetivo é agilizar a contratação de egressos da Educação Profissional da rede pública estadual no PPE. O programa é uma iniciativa do Governo do Estado, envolvendo ações conjuntas das secretarias estaduais da Educação, do Trabalho, Emprego e Renda (Setre), da Administração (Saeb), do Desenvolvimento Econômico (SDE), do Desenvolvimento Rural (SDR) e da Casa Civil.

O diretor do Núcleo Territorial de Educação de Jequié (NTE 22), José Calais, falou da ação na região. “Tivemos uma participação bem representativa dos candidatos interessados nas vagas do Primeiro Emprego. Pudemos mobilizar os egressos de duas unidades de formação profissional que foi bastante positivo”, ressaltou.

Os egressos de 2015, 2016 e 2017 da Educação Profissional que atenderem às condições para participar do Programa Primeiro Emprego (conclusão de curso e de estágio) poderão realizar a atualização cadastral e verificar se são elegíveis para vagas no Programa. Entre os documentos necessários estão a Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência (a lista completa está disponível no local e nas unidades escolares).

Caso seja elegível para a vaga, o candidato terá a Carteira de Trabalho assinada, com todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no Estado. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo; já nas Fundações, o contemplado terá, além de salário mínimo, plano de saúde (PLANSERV), alimentação, vale transporte e processo formativo vinculado a sua área e ao serviço público. Para aqueles que concluíram as disciplinas, mas não finalizou o estágio obrigatório, poderá haver encaminhamento para estágio remunerado em órgãos públicos.

Na semana passada, a coordenação do Programa convocou reunião, na Casa Civil, com todos os envolvidos, para avaliar as ações em Ilhéus, Itabuna e Jequié, e programar os futuros mutirões.

Primeiro Emprego

Trata-se de uma ação social de combate ao desemprego dos jovens, promovido pelo Governo do Estado, para inserir egressos e estudantes da Educação Profissional no mercado de trabalho, além de estimular uma maior dedicação na sala de aula, justamente por contemplar aqueles com melhores resultados. Para que os estudantes e egressos sejam contatados, em caso de seleção, é importante que estejam com seus dados cadastrais atualizados no banco de dados da Secretaria Estadual da Educação.