O Lálá Multiespaço volta à ativa em 2018 com o projeto ‘LáláB – Pague Minha Pauta’, que realizará 40 shows e quatro oficinas entre os meses de janeiro e abril. Com o financiamento do Edital de Dinamização de Espaços – coordenado pela Diretoria de Espaços Culturais da Secult – as ações têm realização do Lálá com produção da Maré Produções Culturais. Os shows começam na próxima quinta-feira (4), com duas apresentações de Livia Nery, às 20h e às 22h. Já na sexta (5) e sábado (6), se apresentam Lívia Mattos, às 20h, e Josyara, às 22h. Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). 
Há quatro anos consolidado como importante espaço para as artes e com um programa constante de incentivo à cena da música independente, com a cessão de pautas para shows de artistas locais, nacionais e internacionais, a casa sistematiza agora essas ações através do ‘LáláB – Pague Minha Pauta’. 
“O projeto é uma busca de apoio para esta cena musical, através do incentivo à promoção, circulação, divulgação e fruição dos trabalhos de músicos independentes, mas também uma maneira de garantir a dinamização, manutenção e sustentabilidade da nossa casa, uma coisa alimentando a outra”, explica Luiz Ricardo Dantas, idealizador e gestor do espaço. 
Duas linhas de ações compõem o projeto: a realização de 40 shows de artistas locais e nacionais e a realização de quatro atividades formativas para músicos. Os shows serão realizados em duas sessões, por 15 artistas locais, como FunFun DúDú, Marcela Bellas e Lia Lordello, além das já citadas Livia Nery, Josyara e Lívia Mattos, entre outros, e cinco artistas nacionais, como as paulistas Iara Rennó e Luiza Lian e a pernambucana Alessandra Leão. Os artistas também realizarão um bate-papo com o público sobre seu trabalho e estratégias de produção e circulação. 
Oficinas 
Voltadas para pessoas com iniciação musical, as oficinas serão gratuitas e contarão com Adriano Magalhães (Jabuticaba), Diogo Bone (Coletivo Invisível), Ed Brass (Low-Fi) e Thiago Trad (Bahia Experimental) como facilitadores. Além dos conhecimentos compartilhados, as atividades terminarão sempre com uma jam session aberta ao público. A primeira oficina será realizada por Thiago Trad no dia 13 de janeiro, com inscrições ser feitas através da página do Lálá no Facebook
O projeto tem apoio financeiro do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, mecanismo de fomento das secretarias da Fazenda (Sefaz) e de Cultura (Secult), por meio do edital de dinamização de espaços culturais, executado pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC). O Lálá Multiespaço fica localizado na Rua da Paciência, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.
Fonte: Ascom/Secult