Os 400 idosos de 15 instituições de Salvador chegaram tímidos para o Natal das Voluntárias Sociais, realizado nesta terça-feira (19), no Palácio de Ondina. Mas aos poucos, foram conversando entre si, conhecendo outras pessoas e, em pouco tempo, os sorrisos brotavam aqui e ali, e a música ao vivo fez com que todos dançassem nos jardins da residência do governador Rui Costa e da primeira-dama Aline Peixoto.

O Papai Noel também compareceu à celebração e levou presentes para os idosos. Dona Zilda Pires, que tem 90 anos, foi uma das presenteadas. Ela diz que está no Lar Franciscano há 18 anos e fala de como as Voluntárias Sociais da Bahia transformaram o natal dos residentes da instituição. “Sempre faziam os natais entre nós, residentes. Hoje está muito melhor com as voluntárias sociais. Aliás, desde o ano passado, que foi muito bonito, divertido e este ano está também. Nós adoramos”.

Gerontóloga do Lar Franciscano Santa Isabel, Graça Senna informa que a instituição é o lar mais antigo da Bahia, de 1848. “A questão da saúde do idoso não é mais apenas não ter doença. É a saúde física, mental, social, espiritual. E a socialização, esse compartilhamento, e acolhimento são importantíssimos para a qualidade de vida destes idosos, especialmente os que moram em instituições e são carentes desta afetividade. Então este é um trabalho fantástico porque torna o natal dessas pessoas muito mais feliz, com respeito, dignidade, tudo muito bem preparado com o carinho que eles precisam. Afinal, os idosos serão a maioria da população”.

Para a diretora das Voluntárias Sociais, Leila Colângeli, a ação é uma síntese do que vem sendo realizado. “Essa ação que estamos fazendo aqui no Palácio de Ondina hoje, semelhante ao que fizemos no ano passado, reúne idosos de 15 instituições atendidas pelas Voluntárias Sociais da Bahia para uma confraternização. É o espírito natalino. Dar essa alegria a esses idosos é uma coisa muito gratificante, inexplicável ver a alegria estampada no rosto de cada um, todos juntos. E é isso o que as Voluntárias Sociais estão promovendo durante este período da presidência da primeira-dama Aline Peixoto. É levar solidariedade, fazer o bem ao outro, transformar a vida das pessoas”.


Repórter: Raul Rodrigues